HB20, Creta e Onix: comparativo entre os três mais vendidos do Brasil


Não é de hoje que o HB20, Onix e Creta aparecem na lista de carros mais vendidos.

No mês de abril, o último do qual temos números divulgados pela Fenabrave, o líder do ranking de carros mais vendidos foi o Hyundai HB20, com 6.502 unidades emplacadas. O Chevrolet Onix ocupou a terceira posição a lista, com 5.574 unidades emplacadas, enquanto o Hyundai Creta, fechou a lista, em décima lugar, com 4.255 unidades emplacadas. A presença constante dos três no ranking de carros mais vendidos dá mostras do sucesso alcançado e da preferência dos brasileiros por esses modelos. Por isso, decidimos preparar uma espécie de comparativo entre os três, em suas versões 2022.


Comparação de Motores


Para começar, destacamos o motor. O HB20, o primeiro popular fabricado pela Hyundai no Brasil, possui dois tipos de motores: o primeiro deles é o 1.0 aspirado flex, que alcança os 80 cv de potência e 10,2 kgfm de torque a etanol, ou 75 cv de potência e 9,4 kgfm de torque a gasolina, com transmissão manual. Esse tipo de motor está presente nas versões Sense, Vision, Evolution Bluelink.


O outro motor, presente nas versões Vision, Platinum Bluelink, Sport Bluelink e Platinum Plus Bluelink, também é 1.0, mas a etanol e gasolina alcança os 120 cv de potência, além do torque de 17,5 kgfm. A transmissão é automática.


O Onix, por sua vez, possui dez versões disponíveis e duas opções de motor: o primeiro 1.0 três cilindros aspirado flex com 78 cv de potência e torque de 9,6 kgfm, ou 82 cv de potência e 10,6 kgfm de torque, além do câmbio manual de seis marchas, presente nas versões 1.0 Flex e LT.

A segunda opção de motor é 1.0 turbo flex com 116 cv de potência e torque de 16,3 kgfm ou 16,8 kgfm, com câmbio manual ou automático, dependendo da versão escolhida. As versões LT 1.0 Turbo e LTZ 1.0 Turbo contam com câmbio manual, enquanto a LT, LTZ 1.0 Turbo, RS, Premier e Premier II possuem câmbio automático.

O Hyundai Creta, por sua vez, conta com quatro versões em sua linha 2022. As versões Comfort, Limited e Platinum possuem motor 1.0 turbo GDI, que alcança os 120 cv de potência e 17,5 kgfm de toque, enquanto o câmbio é automático de seis marchas. A versão Ultimate, topo de linha, conta com motor 2.0 aspirado capaz de alcançar os 167 cv de potência e 20,6 kgfm de torque, também com câmbio automático de seis marchas.

Equipamentos e tecnologia

Começamos, novamente, pelo HB20 2022: o hatch, desde a versão de entrada, oferece equipamentos como direção elétrica progressiva, volante multifuncional com comandos tanto de som quanto de smartphone, ar-condicionado manual, vidros (dianteiros) e travas elétricas, sistema de som blueAudio com Bluetooth, painel de instrumentos analógico, banco do motorista com regulagem de altura, além das rodas de aço com 14”. As versões topo de linha, por sua vez, acrescentam o sistema BlueLink, por meio do qual o proprietário pode controlar seu carro através do smartphone.

Já o Onix 2022, por sua vez, desde a sua versão de entrada, oferece vidros e travas elétricos em todas as portas, rodas também em aço com 14”, volante multifuncional, direção elétrica progressiva, controles de estabilidade e tração, chave canivete, sistema de áudio com dois alto-falantes dianteiros e dois tweeters, ar-condicionado manual, quadro de instrumentos analógico com computador de bordo digital, entre outros. A central de multimídia MyLink, bastante conhecida, está presente apenas na versão LT 1.0 MT.

Por fim, o Hyundai Creta, desde a sua versão de entrada, conta com central multimídia sensível ao toque com 8”, volante com controles de áudio e conexão Bluetooth, além de regulagem de altura e profundidade, direção elétrica progressiva, computador de bordo, vidros elétricos dianteiros e traseiros, banco traseiro rebatível, ar-condicionado, controles de estabilidade e tração, câmera de ré com linhas dinâmicas, sensor crepuscular, entre outros.

Comparação de Preços

Por fim, vamos ao comparativo dos preços.

Começamos pelo HB20, disponível em oito versões: a Sense custa a partir de R$ 70.990; a Vision pode ser encontrada a partir de R$ 74.090; a Evolution está disponível a partir de R$ 78.390; a Vision com câmbio automático pode ser encontrada a partir de R$ 90.690; a Platinum Bluelink com câmbio manual custa a partir de R$ 91.590, enquanto esta versão com câmbio automático pode ser encontrada a partir de R$ 96.590; a versão Sport Bluelink custa a partir de R$ 100.490; e, por fim, a Platinum Plus Bluelink está disponível por valores a partir de R$ 104.990.

O Onix, que pode ser encontrado em dez versões: a 1.0 flex pode ser encontrada a partir de R$ 73.890; a LT 1.0 custa a partir de R$ 76.490; a LT 1.0 turbo está disponível a partir de R$ 84.200; a 1.0 turbo, por R$ 84.800; a LTZ 1.0 turbo, pode ser encontrada a partir de R$ 86.680; a LT 1.0 turbo com câmbio automático está disponível a partir de R$ 90.830; a LTZ 1.0 turbo também com câmbio automático custa a partir de R$ 93.310; a RS, por R$ 95.290; a Premier, custa a partir de R$ 99.650; e, por fim, a Premier II, disponível a partir de R$ 102.310.

O Hyundai Creta, por sua vez, está disponível em quatro versões: a Comfort custa a partir de R$ 115.000; a Limited, por R$ 130.090; a Platinum, por R$ 148.790; e, por fim, a Ultimate, com valores a partir de R$ 160.990.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.