SUV-s híbridos Brasil 2023: Toyota Corolla Cross, RAV4, Kia Stonic, Volvo XC60


Conheça os modelos mais populares de SUVs híbridos no Brasil. Toyota Corolla Cross e Kia Stonic chamam atenção pelo preço acessível

No mês de janeiro deste ano, a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) divulgou os números de vendas de carros híbridos e elétricos no Brasil, especificamente no ano de 2021. Conforme os números divulgados, somente no ano passado, foram vendidos cerca de 35 mil veículos eletrificados no mercado brasileiro, registrando um crescimento de 77% no segmento, se comparado com 2020.


Com relação aos carros mais vendidos, o topo da lista foi ocupado pelo Toyota Corolla Cross, híbrido que chegou ao mercado nacional no ano passado, e alcançou a excelente marca de 11.027 unidades emplacadas. Entre os veículos elétricos, o topo da lista ficou com o Nissan Leaf, que emplacou 439 unidades em 2021.


Os híbridos, porém, seguem sendo os mais vendidos entre os eletrificados: das quase 35 mil unidades vendidas, mais de 20 mil são de veículos híbridos convencionais, ou seja, veículos que possuem um sistema no qual há um motor convencional, a combustão, e mais um motor elétrico, capazes de trabalhar em conjunto, ou de maneira escalonada. Veículos híbridos são eles próprios os responsáveis por gerar energia a fim de recarregar as baterias, por meio do motor a combustão, ou, ainda, das chamadas frenagens regenerativas, caso por exemplo, dos modelos Toyota (Corolla, Corolla Cross, Prius e RAV4). Os híbridos representam quase 60% dos veículos eletrificados vendidos no Brasil.


A seguir, destacamos alguns modelos de veículos híbridos, começando pelo modelo que consideramos apresentar o melhor custo-benefício, o Toyota Corolla Cross.


Toyota Corolla Cross 2023

O Corolla Cross, como dissemos, chegou ao mercado brasileiro no ano passado e, em pouco tempo, alcançou o topo da tabela de híbridos mais vendidos. A versão híbrida do modelo é denominada XRV Hybrid 1.8, vendida a partir de R$ 196.290,00.

Nela, encontramos o motor 1.8, híbrido, elétrico, e outro de combustão interna tradicional, flex, movido a etanol e gasolina. A tração é dianteira, direção elétrica, câmbio automático, freios ABS, faróis de neblina, controle de tração, airbags frontais, laterais e de cortina, câmera traseira, alerta de ponto cego, sensores de estacionamento, ar-condicionado, rodas de liga leve, vidros elétricos, faróis com acendimento automático, entre vários outros itens de série.

A Toyota tem uma clara vantagem nesse mercado. Não só o sistema híbrido, baseado no Prius (mas como dito, presente no Corolla Cross, além do próprio sedan e da RAV4), já é um projeto bem testado (o primeiro Prius, por exemplo, foi lançado ainda em 1997), como tende a manter um melhor valor de revenda. Isso porque seu conjunto de bateria foi feito para rodar poucos km no modo somente elétrico (cerca de 20km de autonomia), o que requer baterias menores e mais baratas. Num levantamento realizado pela equipe do CarroBonito.com, o conjunto custava pouco mais de R$ 10 mil na época do lançamento do Corolla Cross. Considerando 8 anos de garantia, não fica um valor alto, o que pode ser vantajoso com manutenção menor de motor a combustão e freios, menos exigidos num veículo híbrido.

Nosso racional e o motivo de preferirmos o sistema Toyota: 20km de autonomia no modo 100% elétrico tende a ser mais que suficiente para uso urbano normal. A maioria das pessoas não usa isso. Além disso, se não ultrapassar os cerca de 60km/h, o motor a combustão atuará meramente como gerador de eletricidade, reabastecendo a bateria e levando o carro a rodar só com motor elétrico “empurrando as rodas” em perto de 100% do tempo em uso urbano, levando o consumo para mais de 20km/l na cidade.


Kia Stonic 2023

A segunda opção de nossa lista é o Kia Stonic, SUV híbrido que combina desempenho, preço e baixo consumo. O veículo possui motor 1.0 com três cilindros, e faz uso da tecnologia híbrida-leve, ou seja, junto do motor à combustão, há outro, elétrico, com 48V. Combinados, os motores alcançam os 120 cv de potência, e consomem, em média, 15 km/l na estrada, e cerca de 14 km/l na cidade, raramente utilizando somente o motor elétrico (por esta razão, consideramos o Corolla Cross como melhor custo-benefício).

Destaque também para a central multimídia, câmera de ré, seis airbags, ar-condicionado, estabilidade e partida em rampa, controle de tração, freio a disco, entre outros.

Com bateria de apenas 15kg e com conjunto elétrico de aproximadamente R$ 10 mil, também é mais que suficiente para uso urbano e tende a manter um bom valor de revenda para o carro, como ocorre com o Corolla Cross.

O Kia Stonic é vendido por valores a partir de R$ 146.990, ostentando, por isso, o título de híbrido mais barato do Brasil.

Volvo XC60 Recharge 2023

Em terceiro, destacamos o Volvo XC60, o modelo mais caro de nossa lista, que custa a partir de R$ 389.950. O SUV premium possui motor 2.0 equipado com 4 cilindros que se alia a um propulsor elétrico, conjunto que oferece ao Volvo XC60 407 cavalos de potência e, ainda, 65,3 kgfm de torque. Este é um modelo plugin, que pode ter sua bateria recarregada na tomada e funcionar sem depender em nada do motor a combustão

Entre outras características, o SUV da Volvo possui uma plataforma exclusiva desenvolvida em parceria com o Google, que oferece um sistema operacional com base no Android, equipado com Google Maps, Google Assistant, entre outros. Destaque, ainda, para o sistema de alerta de mudança de faixa, alerta de tráfego traseiro, alerta de colisão frontal, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, monitor de pontos cegos, entre vários outros.

Toyota RAV4 2021

Outro SUV híbrido da Toyota, maior e que usa a mesma plataforma do Prius e dos Corolla Sedan e Cross.

É um modelo muito luxuoso, confortável e completo, que com certeza passa ótima impressão. Mas com preço de R$ 293.750,00, consideramos que, se você não precisa de todo o espaço oferecido por ele, o Toyota Corolla Cross é uma opção com melhor custo-benefício. Mesmo porque, a versão que consta no site da Toyota, ainda é a 2021.

Ainda não lançado: Honda HR-V

Este carro ainda não foi lançado no Brasil, mas colocamos nesta lista porque consideramos seu lançamento praticamente certo: o Honda HR-V, SUV compacto que, na Europa, possui apenas opções híbridas. Esse tipo de motorização, no HR-V, uniu um propulsor aspirado 1.5 com 130 cv de potência, acompanhado de mais outros dois módulos elétricos. Os motores eletrificados serão os responsáveis pelo rodar do automóvel, enquanto o motor convencional servirá como uma espécie de carregador, tanto para as baterias quanto para o uso. Por essa característica, alguns especialistas consideram o Honda HR-V bem próximo de um carro elétrico, embora seja um híbrido.

Entre outras características, o HR-V conta com central multimídia, alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência, sensor de ponto cego, além de câmeras 360°.

Há uma estimativa de que, caso chegue por aqui, seja vendido por valores em torno de R$ 150.000.


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.