VW Amarok 2023: maior espaço interno e capacidade de carga


A Volkswagen publicou novas fotos mostrando, oficialmente, a segunda geração da linha de picape Amarok 2023, em testes e camuflada.

A meta é lançar a versões da Amarok 2023 no comércio até o fim do segundo semestre deste ano. Até o momento, os especialistas explicam que a produção se dará em unidades fabris estabelecidas na África do Sul, a partir de parceria junto à marca Ford, sendo fabricada, na linha de montagem, sobre a base utilizada na produção da nova série Ranger.


Destaques sobre a Amarok 2023

O pacote desta nova geração da Amarok 2023 abrange, entre outros itens, uma estrutura com maior espaço interno, dado que a distância entre os eixos foi ampliada, chegando a 3,27 metros. A caçamba também aumentou, agora com capacidade de até 1.200 kg. Outra vantagem, que auxilia na segurança e eficiência da velocidade, é o maior vão livre em relação ao solo, conforme o projeto e pelo que indicam as fotos. Este amplo espaço inferior tem por função auxiliar no enfrentamento dos obstáculos pelas vias mais acidentadas e hostis.


Por conta de haver variadas versões, os especialistas conseguiram confirmar, também, pelo menos, cinco alternativas de motorização. Um dos motores é movido a gasolina, os demais à diesel. Entre as opções está o motor 2.0 Turbo Diesel com desempenho de 150 a 170 CV na potência. Entretanto, apesar de se tratar de uma série de caminhonetes, ainda não foi definitivamente confirmado que a nova linha de Amaroks abrangerá qualquer versão esportiva, dado que a série Ranger Raptor contará com a V6 Biturbo Diesel.


Outros itens importantes de se mencionar são: equipamentos que compõem as versões da linha, destacando-se, por exemplo, novas modalidades na condução e a presença de mais 30 sistemas – 20 destes totalmente inéditos, de acordo com a gestão da companhia – que têm por função contribuir de modo mais eficiente com a segurança do veículo. A presença do novo conjunto de rodas com aro 21 polegadas de diâmetro, que são calçadas por tipos de pneus de utilização mista.


Este projeto da marca alemã segue rigorosamente todos os padrões clássicos de produção da empresa, genialmente combinados com as novas tecnologias, indispensáveis, hoje a qualquer automóvel. Os engenheiros europeus, na área automotiva, estão entre os melhores no segmento.

Outra novidade sacada pelos especialistas é a de que todas as unidades da série, com meta de ser ofertada em cinco versões distintas, a Amarok, a Vida, o Estilo, a Pan Americana e a versão Aventura, estão sendo fabricadas com tração traseira ou tração integral, conforme a versão. Entretanto, apesar da popularidade dos motores mais sustentáveis, em nossos dias, não foi mencionada a produção uma versão elétrica, nessa geração.

Entretanto, isso não impede que a empresa aposte em versões que sejam, ao menos, híbridas. Um motor elétrico pode mover uma estrutura maior, de caminhonete.

Mas, o que já está bem confirmado é que a nova geração da Amarok vai conviver por um bom tempo com a anterior, pela proximidade dos lançamentos e qualidade. A linha que está na ativa, vendendo bem em várias partes do mundo, segue na esteira de produção na unidade Argentina, e seguirá nesse ritmo até que a geração que está chegando entre em cena. Mas, para fins de atualização, neste mesmo país já está confirmada, pelo menos, a produção da new Ford Ranger, que aportará em nossa nação no início de 2023.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.