Seguro de Carro Parcial – O Que é? Vale a Pena?


Saiba aqui o que é Seguro de Carro Parcial e se ele realmente vale a pena.

No segundo semestre de 2021, a Susep (Superintendência de Seguros Privados) aprovou e definiu novas regras que visavam flexibilizar e baratear as apólices de seguros para carros. Com isso, espera-se que o número de carros cobertos por esse tipo de serviço aumente nos próximos meses, já que atualmente apenas 16% dos automóveis possuem seguro no Brasil.


Com as novas regras aprovadas, agora o consumidor terá uma ampla variedade de tipos de seguro para contratar para seu carro. Entre os seguros permitidos agora estão os planos com seguro parcial de partes do veículo, o seguro que realiza reparos no carro com peças usadas e até o seguro que reduz o valor de indenização em caso de acidente que leve a perda total do carro.


Um detalhe importante de se mencionar é que apesar da Susep estar animada com a possibilidade de aumento na cobertura de seguro para veículos, o órgão não informou se essas mudanças podem trazer riscos para os consumidores.


De acordo com o Gerente de Operações da Carsale Corretora, a cobertura parcial do veículo pode induzir o consumidor ao erro, portanto, é preciso estar bastante atento.


Para evitar qualquer problema com estas mudanças, as empresas de seguro preferem oferecer aos clientes a cobertura tradicional com preços semelhantes aos cobrados pelas apólices parciais.

Entre os novos planos de seguro ofertados aos consumidores, podemos citar o seguro ligado ao CPF do usuário, seguro que é ativado por aplicativo de celular no momento que o motorista irá usar o carro, além do seguro que cobre apenas acidentes ou furtos/roubos.

Apesar da ampla variedade de seguros, o seguro de carro convencional continua sendo a melhor opção, já que ele é mais abrangente e possui um risco muito menor de dar problema para o motorista.

Especialistas em seguro de carro orientam os consumidores a ficarem atentos aos valores de indenização nas apólices, pois estes planos têm risco da quantia contratada não ser suficiente para arcar todas as despesas com um acidente.

Ainda segundo os especialistas, embora o custo de um seguro convencional ser mais alto, mais vale pagar um pouco a mais pelo serviço do que ter de pagar do próprio bolso a diferença do que não está coberto pelo seguro.

Vale lembrar que atualmente os carros estão bastante equipados com eletrônicos, o que aumenta consideravelmente os valores das peças para realizar reparos.

Valor do Seguro dos Carros Mais Vendidos no Brasil

Aproveitando que estamos falando sobre seguro veicular, você sabe qual é o valor do seguro dos carros mais vendidos no Brasil? Não? Pensando nisso preparamos aqui um levantamento com os valores do seguro dos carros.

  • Moby Easy: O Moby Easy está em 9º lugar entre os carros mais vendidos no Brasil. O valor do seguro do carro varia de cidade para cidade, custando em média R$ 3.178 (para o perfil masculino) e R$ 3.359 (para o perfil feminino).
  • Compass Limited: O Compass Limited teve uma leve queda nas vendas, passando da 4ª para a 6ª posição entre os carros mais vendidos. O preço do seguro do carro é um pouco salgadinho, custando entre R$ 8.146 (na cidade de Belo Horizonte MG) e R$ 18.254 (na cidade do Rio de Janeiro RJ).
  • Onix Plus: O modelo, que está sempre presente nas listas de carros mais vendidos no país, possui seguro custando de R$ 1.816 (em Florianóçolis SC) até R$ 2.482 (em Belo Horizonte MG).
  • HB20 Sense: Para o modelo da Hyundai, o seguro varia entre R$ 2.105 (em Santa Catarina) e R$ 2.950 (no Espírito Santo).
  • T-Cross: O valor do seguro do T-Cross varia entre R$ 3.275 (no Distrito Federal) e R$ 9.249 (no Rio de Janeiro).
  • Novo Tracker: Para o novo Tracker, o seguro está custando entre R$ 3.598 (em Santa Catarina) e R$ 5.592 (no Rio de Janeiro).



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.