Renault Kwid E-Tech 2023 – carro elétrico mais barato do Brasil


Renault lança Kwid Elétrico. Modelo já está em pré-venda e as primeiras unidades devem ser entregues em agosto de 2022.

Está chegando ao Brasil o carro elétrico mais barato do mercado. Estamos falando do Novo Renault Kwid E-Tech, versão elétrica que já está em pré-venda e terá as suas primeiras unidades entregues ainda no mês de agosto de 2022.


O anúncio da chegada do modelo ao Brasil foi realizado nesta quinta-feira, dia 14 de abril de 2022. De acordo com a montadora, o modelo deverá vir importado da China e chegará às concessionárias custando cerca de R$ 142.990. Vale lembrar que antes do Kwid E-Tech os carros elétricos mais baratos do Brasil eram o JAC E-JS1 (que custava R$ 164.900) e o Volkswagen T-Cross Comfortline (que custa cerca de R$ 148.190). Está certo que estes valores não são assim tão baixos ainda, porém, quem sabe essa briga pelo modelo mais barato do Brasil não acaba reduzindo os valores dos modelos em nosso país e popularizando este tipo de veículo por aqui.


O Renault Kwid E-Tech deve chegar em nosso país com o mesmo visual do City K-ZE, modelo elétrico que é vendido atualmente na Ásia. Omodelo deve contar com uma grade fechada e com o logotipo da Renault servindo como tampa para o bocal de carregamento do carro. Há ainda na grade frontal duas faixas cromadas que unem as luzes diurnas de LED, dando um visual bastante moderno ao veículo. Já na parte de baixo da dianteira podemos observar a presença dos faróis de dupla parábola.


Já nas laterais do Kwid é possível perceber a presença de apliques de plástico, enquanto na parte traseira vemos lanternas com grafismos diferentes dos utilizados na versão normal do Kwid. O para-choque do modelo também mudou e agora é possível ver um desenho distinto do refletor.


Falando agora um pouco mais sobre o motor utilizado no Renault Kwid E-Tech, ele possui 65 cavalos de potência (3 cavalos a mais do que o motor do JAC E-JS1) e 11,5 kgfm de torque. O Kwid E-Tech é capaz de ir de 0 a 100 km/h em apenas 14,6 segundos, sendo que a sua velocidade máxima é de 130 km/h.

Já a bateria utilizada no carro não é das maiores. O modelo usa uma bateria de 26,8 kWh, que é capaz de rodar 298 km na cidade ou 248 km no ciclo combinado. Mas quem quiser mais autonomia poderá acionar o modo de condução Eco. Com a configuração ativada o carro terá sua potência limitada a 45 cv e sua velocidade máxima poderá chegar a 100km/h.

Um detalhe importante de se mencionar é que a bateria irá se regenerar com a desaceleração e frenagem do carro. Com isso, o motorista do Kwid poderá recuperar até 8% do consumo de bateria do carro.

Caso seja plugado em uma tomada 220V, com 9 horas de carga o Kwid será capaz de rodar 190 km. Já se estiver conectado em uma tomada de recarga rápida DC, o carro será capaz de rodar os mesmos 190 km com apenas 40 minutos de recarga. Por fim, no caso de ser conectado em uma fonte Wallbox de 7 kW, o carro consegue carregar 80% de sua bateria em apenas 3 horas.

Com relação ao seu consumo energético, o carro conta com um consumo de 0,44 MJ/km. Vale lembrar que este é o melhor índice de eficiência energética registrado entre os carros elétricos vendidos no Brasil.

Por fim, falando rapidamente sobre os seus equipamentos, o Kwid E-Tech virá equipado com controle de estabilidade, câmera de ré, assistente de partida em rampas, central multimídia Media Evolution com tela de 7 polegadas, sensor de estacionamento traseiro e seis airbags(dois nas laterais, dois na parte frontal e dois de cortina.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.