Chevrolet Caravan 2023: Nova Caravan? Veja a projeção futurística


Depois de décadas no limbo, uma das mais clássicas produções automotivas tem chances de ser relançada. A Chevrolet Caravan, edição 2023.

Poderemos contar com uma Nova Caravan? Um dos mais conceituados designers criou uma projeção futurística.


Breve histórico da Chevrolet Caravan

Há mais de quatro décadas a linha Caravan, produzida pela multinacional Chevrolet, figurou entre as mais imponentes peruas em nossa terra, configurada no elegante e grande porte. Aquele modelo é uma espécie de ampliação do Opala, mais espaçosas, mais potente e bonita. Não é a toa que ocupou o primeiro lugar no páreo da Revista Auto Esporte, através do chamado: Carro do Ano, no ano de 1976. O incrível é que este modelo não envelheceu e cativa uma legião de fãs, até nossos dias.


A companhia General Motors, junto à unidade filiada, Alemã Opel, produzia um tipo de automóvel que, aos poucos, originou o Opala e a Caravan: o internacionalmente famoso Opel Rekord C, cuja produção se deu entre os anos de 1967 e 1971, cujas versões variavam entre duas e quatro portas, neste caso, o Station Wagon (espécie de caravan), além de uma versão, hoje raríssima, com teto descapotável (conversível).


Já na época, as versões produzidas no exterior, junto da Caravan brasileira, eram munidas de três portas, e a top de linha consistia na versão de cinco portas.


Em nosso país, este modelo estreou, oficialmente, no último trimestre de 1974. Naquele ano, a linha chegou às concessionárias configurada em variadas alterações, impostas pela própria família Opala. As versões estavam equipadas de dois tipos de motores, quatro cilindros, a 2.500 rpm, e o mais brutal de seis cilindros, entregando 4.100 rpm. Avançando nesse processo de evolução, no ano de 1978 a linha Caravan foi agraciada com a versão SS, munida dos potentes motores de quatro ou seis cilindros, para a época, super potências.

Mas, no início da década de 90, mais precisamente no ano de 1992, a produção da Caravan foi definitivamente suspensa no mercado brasileiro, por conta das novas gerações e marcas que estavam chegando, na época. Muitos consumidores sentiram falta da clássica perua.

Recentemente, de modo a evocar o período histórico de glória desta bela perua fabricada pela marca Chevrolet, um dos maiores designers da atualidade criou um tipo de “projeção futurística” bastante impressionante, resultando em novo Opala Caravan SSW, o Special Station Wagon. De acordo com o idealizador do projeto, se trata de um marco zero, verdadeiro início de nova história para este modelo e um avanço tecnológico formidável, sobretudo para as companhias automotivas, pois, essa nova era de animações produzidas permite idealizar um tipo de veículo e exibir o mesmo ao público, antes mesmo de haver produção. Essas animações são as mais realistas possíveis, permitindo quase visualizar um veículo real.

Obviamente, nem todos os detalhes podem ser projetados em uma tela com realismo perfeito, sobretudo quando se trata representar a suspensão, componentes do motor, e outras partes de um automóvel que nem sempre são visíveis.

Outro grande profissional de design, Eduardo Oliveira, explica a sua idealização de uma nova Caravan. Tendo por base as características originais do modelo, porém, a partir de algumas adaptações necessárias aos nossos dias, este grande designer criou algumas novas ilustrações desse clássico, com o objetivo de apresentar ao público como seria a nova geração desta linha. Uma projeção para o futuro de uma possível produção.

De acordo com um trailer recentemente publicado em canal no Youtube, a nova geração da Caravan estaria munida de todos os detalhes visuais que compõe os automóveis de hoje, entretanto, este modelo seria um dos poucos clássicos da década de 70 que teria suas características fundamentais muito bem preservadas, inclusive as cores originais das versões antigas, duas ou quatro portas; as linhas exportivas nas laterais, entre outros itens.



Outros Conteúdos Interessantes

1 Comment



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.