Lada parou a fabricação de carros na Rússia


A lendária montadora de carros da Rússia, Lada, encerrou suas atividades no país. Uma das principais influências para esta decisão foram as sanções internacionais que a empresa vinha sofrendo por consequência da Rússia invadir a Ucrânia.

De acordo com notícias veiculadas no início do mês de março, a Lada, uma lendária montadora russa, interrompeu a sua produção depois de mais de 50 anos de história no país. Segundo o divulgado, parte disso está ligado às sanções internacionais que a empresa vinha sofrendo.


Assim, é importante destacar que a decisão da Lada está diretamente ligada à decisão da Rússia de invadir o território da Ucrânia. Portanto, a empresa passou por um momento de escassez dos componentes necessários para seguir com a fabricação dos seus veículos, algo decorrente das sanções de outros países do mundo, especialmente dos europeus, que tomaram a decisão de excluir a Rússia do comércio.


Logo, trata-se de um motivo diferente daquele fornecido por empresas como a Volkswagen, que suspendeu a produção na Rússia como uma forma de protestar contra a guerra, bem como contra as ameaças do governo do país.


Devido ao processo de globalização, é possível afirmar que ao longo dos últimos anos a fábrica da Lada deixou de ser autossuficiente e passou a depender de componentes vindos de uma cadeia global.


Conforme as informações veiculadas pelo The Wall Street Journal, em média 20% das peças usadas pela montadora e necessárias na linha de produção da Lada, inclusive os componentes eletrônicos dos veículos, eram importados. Desse modo, diante da guerra, a fabricante se viu obrigada a interromper a sua produção.

Vale ressaltar ainda algumas informações fornecidas pela AvtoVAZ, a controladora da Lada. De acordo com ela, os trabalhadores que atuavam nas fábricas da empresa vão receber uma renda parcial ou, então, um plano de demissão enquanto as atividades da empresa estiverem paralisadas devido à guerra. Além disso, vale pontuar que os funcionários que atuam nos setores de pós-venda da Lada não serão afetados pela decisão da montadora de interromper as suas atividades até que estas dificuldades sejam devidamente superadas.

É possível destacar que além da Rússia, a Lada está presente em 20 outros países. Além disso, ela possui 300 concessionárias espalhadas por estes territórios e controla cerca de 21% das vendas de carros no seu país de origem. Desse modo, durante as suas cinco décadas de atividades a empresa nunca perdeu a liderança do mercado dentro da Rússia.

Em um primeiro momento, o objetivo da Lada era interromper a sua produção por apenas quatro dias. Porém, desde o começo se tornou claro que isso poderia se estendido e outras interrupções poderiam acontecer devido às sanções. De encontro ao que foi destacado, é possível afirmar que o Wall Street Journal chegou a citar como fonte um membro da AvtoVAZ, que teria afirmado que caso o comércio parasse, a empresa não teria outra escolha a não ser parar também devido à dependência das peças importadas para a fabricação dos veículos.

Apesar de já ser algo claro que a paralisação das atividades da Lada vai se prolongar por mais tempo, até o presente momento ainda não se tem um comunicado oficial da montadora neste sentido. Portanto, em breve ela deve emitir algum tipo de posicionamento a respeito da situação de maneira mais abrangente.

De acordo com informações fornecidas pela MarkLines, a Lada está no auge neste momento. Assim, a marca em questão foi a mais vendida do seu segmento na Rússia durante o mês de fevereiro de 2022. Somente no período citado foram mais de 22,3 mil unidades de carros emplacadas.

Porém, apesar dos números expressivos, é válido mencionar que eles representaram uma queda de mais de 20% nas vendas da empresa em relação ao mesmo período no ano anterior, algo que pode ser explicado também pela guerra. Logo, as expectativas da Lada para o mês de março não eram as mais otimistas, de modo que a empresa também considerou esta questão na interrupção das atividades.

Por Amanda Guimarães Faria



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.