Motor aspirado ou turbo – qual tem menor consumo?


Confira aqui um comparativo e saiba qual tipo de motor tem menor consumo: Aspirado ou Turbo.

Um dos debates mais constante entre motoristas é em relação ao motor mais econômico do mercado atual, se é o turbo ou então aspirado. Nestes debates muitos pontos são levantados e que comprovam os motivos pela qual cada um destes se destaca. De acordo com o Inmetro, em vários momentos os propulsores que são turbinados acabam aparecendo, em especial os que contam com uma capacidade cúbica menor, como um destaque por serem muito mais eficientes em suas ações. Entretanto, os donos destes modelos dizem o contrário em alguns momentos.


O conflito de ideias pode ser explicado por alguns aspectos. Um destes pontos a serem levantados agora reforçam a respeito da forma como o modelo é conduzido de fato. A indústria automotiva inclusive tem um nome para estas formas, que é downsizing, que é direcionado para os novos motores que contam com um deslocamento menor, e também mais tecnologias são usadas, deixando estes muito mais potentes até mesmo do que os motores que contam com uma capacidade cúbica maior.


Entretanto, apesar de alguns pontos positivos e outros não tanto, ainda existem muitos questionamentos que são feitos em relação aos motores. Alguns donos colocam a prova as afirmativas de que motores determinados são melhores que outros, e em alguns casos os que experimentam os turbinados chegam até mesmo a destacar que estes são melhores de fato. Enquanto outros afirmam que seus antigos carros com motores aspirado de 1.5 ou então 1.6 eram melhores por serem muito mais eficientes. Estes pontos fogem totalmente da teoria que se tem.


Apesar de ser uma discussão confusa e com várias nuances, existe a possiblidade de que os motoristas que afirmam que os aspirados de fato eram mais potentes e eficientes estejam certos devido a alguns pontos específicos. Ao comparar dois modelos distintos, como o Fiat Pulse e o Hyundai Creta, é possível notar estes pontos em questão. O primeiro conta com um motor 1.3 quatro-cilindros 8v aspirado, em sua versão mais barata do mercado e também pode ser visto com um 1.0 três-cilindros turbo 12v nas que fazem parte das linhas do topo, ambos modelos flex. Já o segundo modelo de carro conta com um 1.0 turbo de 12v com outro 2.0 aspirado 16V.


Nesta discussão sem fim a respeito dos modelos de motor, há quem diga que um acaba gastando menos do que o outro. Neste caso, a afirmativa é de que o aspirado consegue gastar menos do que o turbo. Mas isso irá depender muito de alguns outros pontos. Isso, pois o turbo conta com um potencial econômico, mais do que o aspirado. Isso pelo fato de que ele conta com um tamanho menor, por exemplo. Além das rotações baixas. Mas por outro lado o estilo de condução tem uma influência neste sentido, e é um fator determinante para o gasto.

A comparação destaca que se um modelo aspirado for conduzido da mesma forma que um turbo, de uma forma mais intensa, o resultado será que o turbo vai apresentar uma economia muito maior de fato do que o aspirado. Além disso, o desempenho deste será muito mais positivo do que o outro. Então, os pontos a serem discutidos devem levar em consideração também a forma como o carro é conduzido para que esta comparação seja de fato justa.

Sendo assim, as comparações passam por vários aspectos. A conclusão neste caso não será única, pois são diversos fatores que podem influenciar a economia de um motor para o outro. E é por isso que esta discussão vem se tornando cada vez mais ferrenha entre os amantes de carros, pois existem diversos pontos de vista e avaliações a serem considerados, pois cada um dos motores apresenta uma forma de agir específica.


Nayara Silva Guimarães


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.