Ford Puma EV 2024 na Europa


Confira aqui as principais novidades sobre o novo Ford Puma EV 2024.

Ainda não há muitas informações sobre o novo Ford Puma EV, versão elétrica e uma das grandes apostas da Ford para impulsionar a venda de automóveis elétricos da marca. Na última semana, a multinacional estadunidense anunciou que, até 2024, pretende lançar nove veículos totalmente elétricos no mercado europeu. A partir disso, a empresa almeja atingir as 600 mil unidades de automóveis elétricas vendidas no continente europeu até o ano de 2026, e 2 milhões de unidades por todo o globo terrestre.


A ideia da multinacional é oferecer versões totalmente elétricas para os crossovers de tamanho médio e também os esportivos, assim como uma versão completamente elétrica do Ford Puma. Segunda a empresa, até o próximo ano deverá ter início um programa dedicado a produzir automóveis para passageiros já totalmente novos, inseridos no segmento de crossovers de médio porte. Já o Puma completamente elétrico, produzido em Craiova, na Romênia, deve estar pronto em 2024.


Todas essas inovações fazem parte do projeto anunciado pela Ford de, até 2035, tornar-se uma empresa com zero emissão de gases poluentes. Stuart Rowley, presidente da Ford na Europa, diz que os novos veículos planejados representam a transformação pela qual os carros da marca passarão na Europa, de modo a não emitirem poluentes e oferecerem a motoristas e passageiros uma experiência excepcional. A Ford anunciou um investimento de mais de US$ 22 bilhões em seu plano de eletrificação, e deve lançar versões elétricas de modelos como o Transport, F-150 e Mustang, veículos importantes da marca.


Quanto ao Puma EV, não existem ainda especificações concretas. A Ford garante que o carro deve ter um modelo 100% elétrico e talvez essa seja a principal informação sobre o modelo, confirmada pelo próprio presidente europeu Rowley. Segundo ele, a nova versão do Puma não fará mais uso da plataforma MEB, geralmente usada em veículos automotores da linha Volkswagen ID compartilhados com a marca estadunidense. Assim, especialistas sugerem que poderemos ver uma versão adaptada dessa mesma plataforma, ou mesmo uma base totalmente diferente da atual. Essa informação, fornecida por Stuart Rowley, deixa indagações sobre o popular Ford Fiesta, modelo no qual se baseia o Puma.


As dúvidas a respeito do Puma intrigam o mercado porque o modelo alcançou o topo das vendas de automóveis no Reino Unido em 2021, e obteve bons números em toda a Europa, conseguindo vender mais de 134 mil veículos.

A expectativa é que o Puma EV chegue ao mercado em 2024, totalmente elétrico, enriquecendo, portanto, a variação de modelos do Puma. Há expectativas de que essa versão chegue ao mercado juntamente com a nova geração da linha Puma, com design repaginado, bateria e motor elétrico e tecnologia de interiores totalmente nova. Com essa nova versão totalmente elétrica, os condutores do futuro Puma EV poderão rodar livremente por áreas restritas como a Ultra Low Emissions, em Londres, na qual não é possível rodar com carros que emitam poluentes.

Ainda que esteja ingressando no mercado de carros elétricos um pouco atrasada em comparação com outras marcas de expressão mundial, fato é que a Ford tem planos ambiciosos. Esse atraso se deve também ao fato de a marca estadunidense ser a fabricante de vários dos carros mais vendidos mundialmente, o que explica também uma transição mais lenta. A marca conta com uma versão híbrida do popular Ford Fiesta, que possui um pequeno motor elétrico funcionando juntamente com outro motor movido a gasolina, e consegue ser um dos carros mais vendidos do segmento.

A Ford tem planos de, até 2035, não emitir mais gás carbônico, cumprindo, desta forma, o acordo climático de Paris. A empresa busca trabalhar em conjunto com outras fabricantes de veículos, e planeja investir cerca de 500 milhões de dólares em projetos dessa linha.


Sabrina Ferraz Fraccari


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.