Kia Telluride: o maior SUV da Kia pode chegar ao Brasil?


O Kia Tellunde possui uma grade frontal totalmente nova, algo que chamou a atenção dos aficionados por veículos automotivos, ainda que isso represente uma alteração pequena no visual da marca.

Após alguns vazamentos de imagem do Kia Tellunde de 2022, o carro em questão foi oficialmente revelado pela montadora. Assim, o modelo em questão possui uma grade frontal totalmente nova, algo que chamou a atenção dos aficionados por veículos automotivos, ainda que isso represente uma alteração pequena no visual da marca.


De acordo com as informações que se tem até o presente momento, o Kia Tellunde 2022 é o modelo mais caro da marca sul coreana. Além disso, trata-se do maior veículo produzido pela Kia até o presente momento. Ela está mais apoiada no novo logotipo da empresa e aproveitou para fazer algumas mudanças no que se refere à lista de equipamentos de fábrica do carro, o que faz com que ele esteja mais bem equipado e, portanto, seja mais atrativo para os consumidores.


Primeiramente, é importante destacar que a mudança na grade é consequência das alterações no logo da marca, o que exigiu leves mudanças para que a Kia conseguisse acomodá-lo bem. Entretanto, a fabricante não destacou exatamente o que mexeu, mas é possível perceber que o Tellunde 2022 está modificado no interior. Além disso, a sua pintura agora é totalmente preta em toda a linha, de modo que somente a edição especial Nightfall possui uma cor mais clara.


Vale pontuar que embora a parte externa tenha sido notada e comentada, o maior motivo para que o Kia Tallunde 2022 esteja sendo falado é o seu interior. De acordo com as informações que se tem até o presente momento, as versões mais baratas do carro contarão com tela multimídia maior, com 10,2 polegadas. Isso é algo interessante para as pessoas que sempre estão em busca de entretenimento e conforto dos seus carros, especialmente para situações de viagem.


Ainda no sentido de deixar o novo modelo mais cômodo para os consumidores, a Kia equipou o automóvel com ar condicionado central automático. Uma funcionalidade interessante é a assistente de condução para estradas. Além disso, vale citar que todas as versões, da entrada ao topo de linha, vão receber um controle de cruzeiro, que é conectado ao sistema de navegação do carro. Isso permite que a velocidade seja modificada de acordo com os limites das rodovias ao invés de permanecer sempre no que foi previamente programado.

Devido à inclusão de novos equipamentos, o Tellunde acabou ficando mais caro. Entretanto, é interessante destacar que isso não representa um aumento tão significativo no preço. Nesse sentido, é possível citar que o modelo básico, o LX, começará a ser vendido por, em média, 32,7 mil dólares. Com as taxas de câmbio da atualidade, isso equivale a, em média, 165 mil reais. Logo, o aumento é de cerca de 600 dólares em relação à versão anterior do carro.

Quando se fala sobre a versão topo de linha do novo modelo da Kia, é possível destacar que ela será comercializada inicialmente por 42,6 mil dólares, o que equivale a 214,9 mil reais. De acordo com informações fornecidas pelo Grupo Grandini, que atua como representante da Kia no território brasileiro, a fabricante chegou a estudar a possibilidade de trazer este modelo para o mercado. Entretanto, isso estava sujeito a uma queda na cotação do dólar, o que não aconteceu de forma suficiente para que a montadora seguisse adiante com os seus planos.

Além disso, como a pandemia acabou por gerar uma desvalorização do real, esses planos devem ter sido engavetados pela marca em caráter definitivo. Caso eles sejam eventualmente modificados, a Kia deve divulgar novas informações e detalhe sobre os modelos do Tallunde que chegarão às concessionárias do Brasil. Porém, até o presente momento não se tem maiores previsões neste sentido e o que resta é aguardar uma mudança de cenário.

Por Amanda Guimarães Faria



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.