Ford Everest 2023 – especificações técnicas, novidades


O novo Ford Everest tem motor V6 e conta com 7 lugares.

Recentemente, a Ford fez algumas revelações sobre os seus novos modelos. Assim, além de apresentar a nova Ranger, que será lançada somente em 2023, a montadora também mostrou ao público o novo modelo do Ford Everest, cujo lançamento está previsto para o mesmo ano citado.


Para quem ainda não conhece o carro em questão, vale destacar que se trata de um SUV. Ele é feito com base na picape e possui a mesma forma que o Toyota SW4. Logo, pode ser considerado um derivado da Chevrolet Trailblazer ou do Hilux. Val ressaltar que esta é a terceira geração do Ford Everest e inicialmente ele será vendido de forma prioritária em mercados da Ásia e da Oceania. Entretanto, existem planos de que o modelo se torne global.


É interessante ressaltar que a receita para o carro é a mesma que a dos seus modelos anteriores. Desse modo, o Everest 2023 é um SUV que possui carroceira com chassi de longarinas. Outro ponto que chama bastante a atenção sobre o veículo é a sua capacidade de carregar passageiros, visto que ele acomoda 7 pessoas ao mesmo tempo. Como este modelo é baseado na Ranger, vale ressaltar que Ford aproveitou todas as tecnologias que serão inseridas na picape, assim como a sua parte mecânica.


Além disso, quando se olha para a parte frontal do Ford Everest 2023, é possível destacar que o modelo em questão é exatamente igual àquele que serviu de base para ele. A principal mudança no SUV está na carroceria, que possui portas traseiras mais alongadas, algo que melhora bastante o acesso dos passageiros ao banco traseiro. A traseira, por sua vez, não possui uma tampa para a caçamba visto que isso não era necessário. Devido aos fatos destacados, o Ford Everest recebeu algumas lanternas mais largas, que se localizam na posição horizontam e estão interligadas graças a uma barra, que fica na tampa do porta malas do carro.


O interior, entretanto, conta com algumas melhorias significativas, assim como aconteceu com a Ranger. O carro recebeu a central multimídia Sync 4 e conta com uma tela de 10,1 polegadas nas suas versões mais baratas. Quando se fala sobre as versões mais cartas do automóvel, a tela se torna ainda maior e passa a ter 12 polegadas. Uma lógica similar se aplica ao painel de instrumentos, que é digital e pode possuir entre 8 e 12,3 polegadas a depender da versão escolhida pelo consumidor.

Quando o assunto é motorização, não se tem grandes diferenças entre a Ranger e o Everest. Assim, o motor é 3.0 V6 e turbodiesel na versão topo de linha da SUV. Entretanto, a depender do mercado isso pode passar por alterações e o Ford Everest contará com um motor 2.0, mas também turbodiesel. Além disso, existe a possibilidade de que alguns países recebam uma versão 2.3 Ecobust, turbo, mas movida a gasolina.

A depender das versões, também existe a possibilidade de uma transmissão manual de 6 marchas ou então da automática, que possui 10 posições. Em termos de tração, as versões do carro serão 4×2 ou 4×4.

De acordo com as informações divulgadas pela Ford no anúncio do novo Everest, o modelo em questão é capaz de passar por até 80 centímetros de água. O teto, por sua vez, suporta até 100kg de bagagem. Além disso, outro aspecto que chamou bastante a atenção no momento do anúncio foi o cofre do motor, que possui espaço para acomodar uma segunda bateria. Ela poderia ser usada para dar energia aos acessórios que as pessoas que gostam de desempenhar atividades ao ar livre, como acampar, costumam precisar nestas ocasiões.

Portanto, trata-se de um SUV bastante interessante e com recursos que têm tudo para atender ao seu público de modo satisfatório.

Por Amanda Guimarães Faria



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.