Mudanças na Nova CNH 2022 – O Que Muda?




Confira aqui as principais mudanças presentes na nova CNH 2022.

O documento indispensável para quem dirige ou pretende dirigir, está com nova cara. As alterações vão desde a cor até a introdução de novos itens. Confira.


As anunciadas mudanças no formato da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) acontecem este ano. De acordo o CONATRAN (Conselho Nacional de Trânsito), as modificações foram feitas com o objetivo de torná-la mais segura, além de fazer com que fique mais parecida com as que são usadas em outros países. A resolução de número 886, que define as mudanças, foi publicada no dia 23 de dezembro de 2021. Mas elas só serão implementadas após o dia 1° de junho de 2022.

Algumas ideias foram deixadas de lado e não farão parte da nova CNH, como a de implantar um chip no novo documento. Embora tenha sido cogitada, a mudança não teve a aprovação do Governo Federal. Se você está curioso para saber o que ficou diferente no modelo atual, confira a seguir.

O que haverá de novo na nova CNH

A diferença começa pela cor do documento, que terá as cores verde e amarelo. A que é usada atualmente possui apenas a cor verde.

Algo novo será também a presença das letras P, nos casos de a CNH ter caráter provisório, ou D para as que são definitivas. A utilização de determinada tinta fluorescente, que faz com que alguns itens sejam apenas possíveis de serem vistos com uma luz ultravioleta e um holograma presente no fim do documento, pretendem evitar as falsificações.

Mas as mudanças não param por aí. A nova Carteira de Habilitação trará as figuras de diversos veículos, e estará marcado todos aqueles veículos que o motorista tem autorização para dirigir e o código da categoria. Em seguida, logo após os desenhos dos veículos que podem ser dirigidos e sua categoria, o documento deve conter informações do tipo: se há alguma restrição médica e se o motorista usa a sua licença para dirigir, em uma função remunerada.

Leia também:  Vendas da Fiat caem após o fim da produção do Uno Mille

O QR Code continuará a existir, pois é através dele que várias informações sobre o condutor podem ser conferidas com a utilização do aplicativo. A CNH com QR Code já existe desde o ano de 2017.

A assinatura também muda de lugar. A usada hoje traz a assinatura após a dobra. No novo modelo, a assinatura estará embaixo da foto.

Nenhuma mudança em relação a validade

É bom ressaltar que a validade vai continuar a mesma. Em 2020, a validade da CNH passou a ser de 10 anos para aqueles que tem menos de 50 anos de idade. Para os que estão acima de 50 até 69, esse prazo é de 5 anos, e os motoristas com mais de 70 anos devem renovar a carteira a cada 3 anos.

Também não será preciso correr para realizar a troca do documento. Todas as carteiras que estejam dentro do prazo de validade continuarão sendo aceitas normalmente. A nova CNH apenas será emitida para os que forem renovar, tirar a primeira carteira ou mesmo quem desejar possuir o novo modelo. Para os que desejarem fazer a troca antes da renovação, será preciso pedir a segunda via do documento. Mas lembre-se que isto só será possível a partir do primeiro dia de junho.

Será mantida, como na atual, o espaço para que seja colocada a informação se o condutor pode dirigir veículo ciclomotor (ACC).

De acordo com o CONATRAM, assim como já acontece, será possível usar a CNH nova na forma digital ou no impressa. Na forma digital, o processo é feito através do aplicativo Carteira Digital de Trânsito.

Henri Silva

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.