Fiat deixa de Fabricar Uno, Doblò e Grand Siena no Brasil


Para se adequar às novas regras do Proconve L7, Fiat Uno, Doblè o Grand Siena deixarão de ser produzidos no país.

O ano de 2022 se aproxima e com ele algumas mudanças no cenário automotivo. A partir do dia 1º de janeiro de 2022 entrará em vigor no Brasil a nova fase do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve). Este programa doi lançado pelo governo Federal em 1986 com o objetivo de estabelecer regras de limites para a emissão de gases poluentes pelos veículos automotores, que a cada fase do programa ficam cada vez mais restritivas.


A nova fase será a sétima, conhecida como Proconve L7. A partir do próximo ano, todos os veículos produzidos no Brasil terão que cumprir as novas metas, uma delas é apresentar emissões evaporativas de gases poluentes de no máximo 0,5 g/Km, o limite anterior era de 1,5g/Km.


Confira aqui o artigo que explica sobre o Proconve L7.


Fiat deixará de fabricar o Uno, Doblò e Grand Siena devido ao Proconve L7

Várias fabricantes terão que se adequar a essas novas regras mais rigorosas quanto à emissão de poluentes e ruídos em seus automóveis e, para isso, alguns modelos tradicionais deixarão de ser produzidos no Brasil, pois devido ao alto custo, torna-se inviável a adaptação de modelos antigos à nova tecnologia.


A Fiat anunciou recentemente o fim da fabricação de três veteranos da marca. Os modelos Grand Siena, Doblò e o lendário Uno deixarão a linha de montagem na fábrica em Betim (MG) para abrirem espaço para a produção de modelos mais novos e modernos.

Ciao Uno – Fiat lança versão de despedida do bom e velho Uno


O Fiat Uno fez história no Brasil, lançado em 1984 conquistou os brasileiros por ser um carro de baixo consumo, bom espaço interno, e, principalmente, baixo custo. Ele foi o pioneiro 1.0 e já foi o carro mais rápido do país, em sua versão turbo.

E, para se despedir do mercado após 37 anos e uma atuação marcante no país, a Fiat irá lançar uma edição especial de despedida com duzentas unidades. O nome é bem propício: Uno Ciao. Este promete deixar saudades em muitos.

Confira o artigo: Fim da Produção do Fiat Uno

Mobi vai substituir o Fiat Uno

A fabricante italiana informou que, para substituir o Uno, entrará em ação um modelo mais moderno do Fiat Mobi. Este que já é um dos hatchs mais vendidos no país, a principal novidade no modelo novo será a multimídia, que virá com tela sensível ao toque e conexão sem fio com Apple Carplay e Android Auto.

Doblò deixará de ser fabricado sem substitutos

Outro que também deve sair do portfólio da Fiat é o Doblò. Há 20 anos no Brasil, o modelo nunca mudou de geração, apenas em 2009 foi reestilizado e ganhou um novo motor. E, apesar do bom espaço interno, teto alto, porta lateral deslizante, o seu preço nunca agradou muito seus compradores por ser elevado demais pelo que o carro oferece. O tradicional mini furgão está com seus dias contados no Brasil e não terá substituto direto. Com a saída do Doblò, a Fiat deverá concentrar seus esforços cada vez mais no SUV Pulse, o principal lançamento da marca no Brasil.

Grand Siena será substituído pelo sedã Cronos

E, por fim, outro tradicional veículo que deixará de ser fabricado no Brasil é o Grand Siena. Lançado em 2012, o sedã com opções de motor 1.0 e 1.4 flex, é o único automóvel vendido no país com opcional de preparação para utilização de GNV (Gás Natural Veicular), muito utilizado por taxistas e motoristas de aplicativos.

Mas, com a saída do Grand Siena, a fabricante italiana irá concentrar seus esforços para deixar o Cronos cada vez mais moderno e atrativo. O sedã tem se destacado recentemente nas vendas no país. O novo Cronos deverá ser lançado com propulsão 1.0 turbo e câmbio CVT, porém a informação ainda não foi confirmada.


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.