Fim da Produção do Toyota Prius no Brasil



Modelo tem produção encerrada temporariamente e deve voltar apenas em 2022.

Recentemente foi anunciado que um clássico, primeira versão do híbrido Toyota, o Prius, será encerrada no Brasil, embora não definitivamente.

A estreia da linha, em nosso território, se deu no início da década de 90 e foi um grande sucesso. Assim, a série Prius tornou-se uma verdadeira revolução na indústria automotiva por ter sido o primeiro modelo híbrido produzido em série em todo o planeta. Em território brasileiro a linha atingiu a terceira geração no ano de 2013, embora o seu consumo não tenha sido o recorde durante três décadas.



Entretanto, há poucos dias foi anunciada a suspensão da produção do Prius, embora essa despedida seja temporária na esteira brasileira. A meta é uma espécie de reconfiguração que exige uma paralisação.

Destaques: o nó vital desse modelo é o processo de hibridização proporcionado pela multinacional japonesa, que fez do Prius um modelo interessante, porém, não muito aceito em nosso país, ganhando muito mais fama e aquisições de unidades nos EUA, sobretudo na região da Califórnia. Mesmo assim, tornou-se uma base para a versão Corolla híbrida e flexível. Esta linha roda gasolina e etanol e apresenta desempenhos similares com os dois tipos de combustíveis.



Mas, o problema veio com os anos seguintes: houve um galopante crescimento na produção e no consumo da série SUV Corolla Cross e de seu parceiro, o sedã, o Prius tornou-se um tipo de veículo dispensável, um excesso de produção. Mesmo assim, o SUV Toyota híbrido registrou maior número de vendas durante o primeiro semestre deste ano de 2021. Entretanto, existe um projeto que sairá da gaveta, de resgate da produção deste modelo para nossa nação no próximo ano 2022. Esta linha é considerada uma das pioneiras em termos de tecnologia e evolução na mecânica.

Leia também:  Chevrolet Trailblazer 2015 - Novidades e Preços

Os representantes oficiais da empresa Toyota emitiram uma nota justificando que a suspensão da produção deste veículo no Brasil consiste em uma estratégia, um modo de voltar as atenções para a companhia. Mas, não é apenas isso, pois uma vasculhada dos especialistas sobre a situação mais recente nas produções mostra que além dessa “estratégia”, em realidade, existe uma reavaliação sobre todo o portfólio da empresa, no sentido de um rearranjo na esteira de produção que responda melhor aos interesses dos consumidores e a montadora deve retomar o comércio a partir de versões inteiramente novas e relançamentos.

Entretanto, segundo os especialistas brasileiros, em termos de aquisição nas concessionárias, os índices anteriores do Prius eram bem melhores. O desempenho no perímetro urbano atinge a marca de quilometragem em 18,9 km por litro, ao passo que nas estradas a marca chega a 17 km por litro, superando as respectivas marcas registradas pelas versões do Corolla sedã.

Uma das versões mais recentes do Prius foi comercializada em nosso país no ano de 2013, consistindo em sua terceira geração, seguida da linha produzida no ano de 2016, a quarta na atual geração, a qual foi atualizada e reestilizada definitivamente no ano de 2019.

Entre seus destaques estão a presença de um motor tipo 1.8, movido a gasolina, com desempenho de 98 CV e força de 14,4 KGFM em torque. Esta mecânica, de grande potência, opera em conjunto com o propulsor elétrico que entrega desempenho de 72 CV e 16,6 KGFM no torque. Ambas as configurações de propulsores atingem a força de 122 CV como velocidade combinada.

Trata-se de um veículo bastante robusto e veloz, eficiente e resistente, como são as produções da marca oriental, porém, sua configuração esportiva acaba não sendo muito atraente para quem vive na cidade. Nos EUA é mais comum possuir carros esportivos na garagem.

Leia também:  Fiat Toro 2021 - Novidades, Preços, Mudanças

Paulo Henrique dos Santos

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.