Ford – Modelos de Carro à Venda no Brasil em 2021



Confira aqui quais serão os modelos de carro da Ford que permanecerão sendo vendidos no Brasil mesmo com o fechamento de suas fábricas no país.

O nome da montadora da Ford está em grande evidência no Brasil desde o último dia 11 de janeiro, depois que a montadora anunciou sua decisão impactante, de fechar suas três fábricas no país. Como motivo para isso, as autoridades brasileiras especulam dizendo que seja o mal momento vivenciado pela empresa, que tentou fazer pressão junto ao Governo Federal para conseguir mais incentivos fiscais. No ano passado, a Ford já tinha vendido sua fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Agora, encerra as atividades nas cidades de Camaçari – na Bahia, em Horizonte – no Ceará e também em Taubaté – no Estado de São Paulo. A montadora atuava no Brasil desde o ano de 1919.

A produção nas duas primeiras fábricas será fechada imediatamente, enquanto que a fábrica de Taubaté continuará operando até o quarto trimestre do ano de 2021. Em um comunicado, a Ford disse que a decisão pelo fechamento das fábricas no Brasil se deve à capacidade ociosa persistente no país, que teve alto impacto negativo com a pandemia de COVID-19.



As outras operações da Ford no Brasil, como a matriz de sua sede na América do Sul, o centro de desenvolvimento de produtos e o campos de testes permanecerão operacionais, apesar da drástica mudança nas linhas de produção de automóveis. A ideia da empresa é conduzir a marca a um novo modelo de negócios, mais enxuto e sem o peso que a empresa vinha arrastando há anos, tendo seus números de venda caindo substancialmente.

Leia também:  Fiat Uno 2015 - Novo modelo oferece opções de comodidade e bom desempenho

Impacto do fechamento das fábricas da Ford

O impacto dessa decisão afetará bastante estas cidades, que contará com um nível de desemprego substancial já ao início de 2021, mesmo sem a pandemia de Covid-19 ter se estabilizado e iniciado o plano de vacinação nacional. Números preliminares indicam que aproximadamente 5 mil trabalhadores foram afetados com a decisão da Ford. Ainda no comunicado enviado pela Ford à imprensa, os executivos da marca deixaram claro que a decisão foi fruto de uma estratégia de redução de custos, visando eliminar da realidade da empresa um negócio que não estava sendo lucrativo.



Agora, a empresa terá de se preocupar em garantir aos sindicatos e trabalhadores um acordo que seja interessante para as partes, que poderá trazer ainda novos impactos para os brasileiros.

Infelizmente, a decisão da Ford é mais um golpe para os brasileiros, cuja economia tem estado enfraquecida desde o ano de 2014, por razões de crises políticas e, que agora, dá mais sinais de sua enorme fragilidade diante do cenário da COVID-19. A taxa de desemprego do país já chegou a 15%, um número que pode ser muito maior, e que só se saberá exatamente após a retomada das atividades habituais que poderão surgir a partir do "novo normal".

Carros da Ford continuarão sendo vendidos no Brasil

A repercussão do fechamento das fábricas da Ford trouxe uma série de discussões e de informações bastante desencontradas na imprensa e pelo público em geral. Por isso, é importante esclarecer que a extratégia da Ford em fechar suas unidades fabris é uma política de reposicionamento da marca, que mesmo não fabricando mais carros no país, continuará vendendo-os para o público brasileiro.

Leia também:  Fiat Bravo Sporting 2012 - Novo visual e preços dos modelos

Certamente essa decisão pode trazer algum tipo de impacto no valor da Tabela Fipe de modelos como o Ford Ka, Ka Sedan e também a EcoSport, que deixarão de ser produzidos no Brasil e sairão de linha por completo. Contudo, é importante que todos tenham ciência de que a marca apenas deixará de fabricar automóveis no país, mas continuará comercializado-os por aqui – porém, não mais como modelos produzidos nacionalmente, e sim carros que a partir de agora serão importados.

A Ford disse que seus clientes brasileiros serão atendidos por carros provenientes da Argentina, Uruguai e outras regiões – provavelmente, o valor de venda de muitos modelos subirá substancialmente, devido às taxas de importação do Governo. Até o momento, a montadora informou que os carros que serão vendidos por aqui serão a Ford Bronco, ainda neste ano, e as camionetes Maverick e F-150, a partir de 2022.

Por Ana Beatriz Pinto

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.