Aumento nos Preços do Peugeot 208 2021



Modelo sofre aumento e agora custa a partir de R$ 96 mil.

Seguindo o mesmo caminho da Chevrolet, que como “presente de ano novo” aumentou o preço de todos os seus modelos na virada do ano, a Peugeot fez a mesma coisa subindo os preços de novo 208.

E tem mais: não foi apenas o preço do carro da Peugeot que subiu, as revisões também! Entretanto, mesmo considerando os aumentos, as revisões ainda podem ter os valores não muito longe dos cobrados pela média do mercado. Pelo bem da verdade, em alguns casos chega a ser mais barato que aqueles cobrados pela concorrência.



No caso, o que não chega a ser inferior que os concorrentes é o preço do modelo topo de linha da versão 208. Ou seja, continua a péssima fama de hatch compacto — fora da categoria dos esportivos — mais caro do Brasil.

Bom, antes do ano novo, a primeira revisão do Peugeot 208 estava saindo a R$ 397 (um ano ou 10 mil km ). Agora, a mesma parada está custando R$ 487. Se tomado como base as seis revisões levando em conta o período até os 60 mil km rodados, até 2020 o valor gasto pelo proprietário era de R$ 3.912. Com a nova alta, o gasto sobe para R$ 4.686.



Então, como ficaram os preços agora?

  • R$67.690 – Like Manual
  • R$73..990 – Like Pack Manual
  • R$80.290 – Active AT
  • R$87.090 – Active Pack At
  • R$91.990 – Allure AT
  • R$96.990 – Griffe AT

Aumento nos preços dos carros e o comportamento do consumidor

Desde o ano passado já havia uma certa perspectiva sobre o aumento nos preços de vários modelos de carros. Entretanto, de acordo com uma pesquisa promovida pela Webmotors e a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), existe uma percepção de aumento de compra — mesmo considerando os impactos causados pela pandemia.

Leia também:  Hyundai pretende aumentar a capacidade de produção em sua fábrica em Piracicaba (SP)

De acordo com os dados levantados, entre os 2.103 pesquisados, 96% apontaram que têm intenção de comprar um carro em 2021. Essa amostragem faz um contrapeso com a última pesquisa que indicou 88%.

Sem dúvidas, tais indicadores demonstram otimismo com o mercado, especialmente dada a força para uma recuperação dos negócios, uma vez que a troca de carro, para a maioria dos entrevistados, pode ocorrer ainda no primeiro semestre do ano corrente.

É importante considerar que, por menores que sejam as vendas, dada a complexidade com que o setor se encontra, elas acabam por tornarem-se fundamentais na questão de ajudarem para uma retomada mais acelerada da atividade do setor industrial, ainda muito combalida pela crise.

Um fator interessante observado nessa pesquisa conduzida com os usuários e divulgada pela Anfavea é que a extensa maioria das intenções de compra estão voltadas para modelos de carros seminovos e usados.

Aliás, esse setor tem ganhado espaço e destaque nos últimos meses, principalmente devido a grande diferença em relação aos veículos novos. Algumas estimativas chegam a apontar cinco modelos de carros usados para modelo zero km vendido no mercado nacional.

Com relação às opções disponíveis, os SUVs continuam sendo a preferência, representando 38% das intenções de compra entre os entrevistados. Aqui, um fator decisivo é o estilo e estrutura dos carros, já que 69% daqueles que já possuem um SUV afirmam ter a intenção de comprar outro.

Na sequência, surgem os hatches, representando 18% das intenções. O sedãs apontam 34% das intenções e se mostram como as principais escolhas do público entre 18 e 34 anos.

Entretanto, ainda não é possível afirmar com toda a clareza como ou quando se dará a retomada das vendas e a melhoria do cenário. Espera-se por acontecimentos positivos, mas com os pés no chão.

Leia também:  Novo Nissan IDS - Lançamento no Salão de Tóquio 2015

Acompanhe nossas atualizações e mantenha-se informado sobre as principais novidades do mundo dos automóveis.

Curtiu? Aproveite e compartilhe com seus amigos em suas redes sociais preferidas!

Denisson A. Soares

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.