Carros que Podem Sair de Linha no Brasil em 2021



Confira aqui os principais modelos que devem sair de linha no Brasil em 2021.

Comprar um carro parece ser o desejo de muita gente, principalmente, nos grandes centros urbanos os onde os transportes públicos são extremamente lotados, além de demorarem muito em um percurso.

Na hora da compra, é importante considerar as diversas variáveis envolvidas. O custo beneficio aparece como uma das principais, sem contar no modelo do carro. Algumas empresas estão pensando que no ano que vem alguns modelos poderão deixar as lojas.



É importante ficar atento quais são esses modelos, visto que, comprar um carro ameaçado de deixar de ser fabricado possui suas vantagens e desvantagens. Um dos divisores de água nessa decisão é a possível desvalorização que o veículo irá sofrer na possibilidade de fazer uma revenda, entretanto, uma vantagem inerente ao processo é os descontos que podem ser alcançados na hora da compra junto ao vendedor.

Modelos que poderão sair de linha em 2021



Hyundai ix35

O carro chegou ao Brasil no ano de 2010, e virou um dos favoritos na hora da compra, já em 2013 passou a ser fabricado no Brasil, especificamente, em Anápolis (GO). Em outros países ele é vendido como a segunda geração de Tucson. Alguns fatores, como a concorrência direta com o Creta, que apresenta vantagens de mais espaço e design moderno, fizeram as vendas do ix35 entrarem em queda contínua desde de 2017. Segundo dados de vendas, em 2017 foram vendidos pouco mais de 10 mil veículos, já em 2018 o número caiu para quase 9 mil, e em 2019 foi registrado uma queda acentuada e as vendas somaram 5.786 vendas do modelo.

Leia também:  Chevrolet Montana 2018 - Especificações, Ficha Técnica

Já em 2020, com o cenário ocasionado pela pandemia do novo coronavírus, os números tendem a cair mais ainda, estimativas feitas até agora afirmam que houve apenas cerca de 2 mil emplacamentos do modelo.

Citroen C3

O modelo foi lançado aqui no país em 2012 e é vendido aqui em sua segunda geração. A expectativa de que o modelo saia de linha é por conta do lançamento de um substituto. O nome do próximo modelo será projeto CC21, e terá uma arquitetura modular, a previsão é de que ele seja fabricado no Brasil. O lançamento estava previsto para agosto de 2021, entretanto com a pandemia, ainda não se sabe se os planos serão adiados. Os preços para adquirir o novo modelo devem girar entre R$ 60.000 e R$ 80.000 mil reais.

Chevrolet Montana

O que parece é que a picape compacta esteja com os dias contados, não é de hoje que se especula sua saída do mercado. Modelos como a Fiat Strada e a Volkswagen Saveiro parecem oferecer maiores vantagens e satisfazer melhor os clientes na hora da compra. A empresa ainda continua fabricando a Chevrolet Montana, inclusive já foi anunciado o lançamento no ano que vem, embora tenha restado apenas um modelo. A previsão é de em breve o modelo deva sumir das lojas de veículos.

Fiat Grand Siena

Apesar do carro possuir um visual considerado ultrapassado, o motivo para ainda não ter saído de linha parece ser a sua procura na hora da compra de um carro, chegando a vender 7 mil unidades até setembro desse ano. Uma de suas principais vantagens é o espaçoso porta-malas, conta com cerca de 520 litros.

Toyota Etios

O modelo nunca foi unanimidade de vendas, a fabricante já fez diversos ajustes e chegou até a baixar os preços, mas o modelo parece não cativar muito os interessados em adquirir um veículo. Não há previsão de que o modelo deixe as lojas aqui no país, entretanto, na Índia o modelo deixou de ser fabricado, por conta de legislações do país que visava a diminuição da poluição.

Leia também:  Novo Suzuki Jimny 2020 - Novidades e Preço

O modelo ainda segue sendo vendido em território nacional, mas esses indícios podem indicar que o fim esteja próximo.

Volkswagen Fox

O modelo já está ameaçado de sair de linha faz tempo, entretanto, parece que agora o seu se aproximou. Uma das principais razões para que isso aconteça é o surgimento de novos modelos da montadora, o que acarreta na diminuição de espaço na sua linha de produção. O modelo segue se renovando, e aparece como o 24 mais bem colocado no ranking de emplacamentos no país, além disso em 2020 precisou se renovar e adotou o cinto com três pontos. Mas, o que parece é que o modelo ainda não conquistou a vaga de continuar sendo fabricado.

Valdeilma Freitas

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.