Novo Sandero 2021 – Novidades e Mudanças



Confira aqui as principais novidades e mudanças do Novo Renault Sandero 2021.

A nova versão do Dacia Logan surgiu antes do programado, colocando também fim ao mistério relacionado ao Sandero e o Stepway. Este último tratado como modelo próprio há certo tempo, e assim como seus irmãos, passou por uma série de mudanças.

Sandero geração 2021

O Sandero 2021 apresenta um para-brisa com maior inclinação, exatamente como a nova versão do Duster. O teto teve sua altura reduzida em 1 cm e houve alargamento dos para-lamas. O vão livre permanece como na geração anterior, com 13,3 cm no modelo comercializado no mercado europeu.



A evolução dos faróis é claramente perceptível, não apenas no estilo, mas também na eficiência. O alcance do facho foi ampliado em 37% em distância e 9% em largura. Além disso, a nova geração do hatch conta com luzes diurnas em led e as lanternas desenhadas em forma de “Y”. O modelo Stepway apresenta para-choques exclusivos, grade redesenhada, trilhos localizados no teto, molduras plásticas nas caixas de rodas e nos protetores na base das portas. Já o vão livre conta com 17,4 cm.

Sandero e Stepway ainda compartilham outras importantes semelhanças com o Logan na parte interna. Porém, nas imagens divulgadas foi apresentado o sistema de entretenimento, que será um item de série nas versões com menor preço do Logan.



A explicação apresentada pela fabricante romena afirma que o equipamento terá semelhança com o Live On, da italiana Fiat, que é baseado no celular do usuário para reprodução de rádios e músicas. Também haverá a opção de central exibida no Logan.

No quesito espaço interno, Sandero e Stepway tiveram redução de 4 cm na distância entre-eixos na comparação com o sedã, que possui 2,60m. Já na largura não há diferença entre os irmãos. E o porta-malas comporta até 328 litros nos modelos de menor tamanho. As medidas ficam muito próximas da versão atual do hatch, que são de 2,59 m de distância de entre-eixos e 320 litros de capacidade no porta-malas.

Leia também:  Fiat 124 Spider 2016 - Salão do Automóvel de Los Angeles 2015

Motorização e plataforma

No mercado europeu, a motorização contará com três opções. Os modelos mais baratos serão equipados com motor aspirado 1.0 com 66 cv de potência, seguido por 1.0 turbo com 91 cv e 1.0 turbo com 101 cv de potência e movido a gás natural.

Deste modo, as configurações de 3 cilindros serão as únicas disponibilizadas em toda a linha, que ainda apresentará o sistema start-stop como item de série. Com exceção às versões de entrada, equipadas com câmbio manual de cinco marchas, as demais poderão ser manuais com câmbio de variação contínua (CVT) ou seis marchas.

O lançamento da nova geração da família marca também o abandono da plataforma B0, que vem sendo utilizada desde o lançamento da primeira versão do Logan. A partir de agora a família passa a utilizar a base modular CMF-B do Clio, modelo europeu. É importante salientar que a nacionalização da família ainda não foi aprovada pela fabricante, porém, a engenharia local já tem atuado nela.

As configurações inseridas na nova geração do Sandero deixa claro o objetivo da Renault: tornar a nova geração o modelo mais barato do mercado europeu. Algumas adaptações, com a remoção de determinados elementos permitem que o Sandero 2021 seja comercializado com valores mais baixos. Porém, ainda assim é possível identificar o refinamento inserido no modelo.

A chegada das novas gerações do Sandero, Logan e Stepway possuem previsão de chegada para o final de 2020 à Europa, sendo comercializado pela Dacia. Os compradores poderão encomendar os modelos, que possuem início previsto para entregas entre o final deste ano e começo de 2021.

Não há confirmação em relação ao valores iniciais, porém, estima-se que as novas gerações dos três modelos não custem menos de € 9 mil, considerando o modelo mais básico. No Brasil a chegada dos irmãos está prevista para 2022, ano em que a plataforma CMF-B passará a ser trabalhado em território nacional.

Leia também:  Google, Mercedes-Benz e Audi ganharam licenças para testar carros autônomos na Califórnia (EUA)

Luis Fernando Bernardo

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.