Análise: Ford Territory vs Caoa Chery Tiggo 7



A análise aqui presente tem foco no Ford Territory e no Caoa Chery Tiggo 7.

Detalhes do Ford Territory

O modelo Ford Territory está chegando nas concessionárias em duas ferozes versões, o SEL, no valor de 165.900 reais e o Titanium, no valor de 187.900 reais. Especialistas da Revista Quatro Rodas testaram e aprovaram esse super petardo que cai potente nas mãos dos consumidores.

Anunciado pelos gestores da companhia americana, quase às vésperas do tradicional evento anual no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018, o Territory já era íntimo dos entendidos no segmento. Dados vazados da matriz ao longo do período que antecedeu a sua estreia estavam sendo analisados e o modelo foi deduzido com antecedência.



Acessórios essenciais: o Ford Territory possui 4,58 metros de comprimento por 1,94 metros de altura e 1,67 metros de largura. Deste modo, esse veículo apresenta amplo espaço, sobretudo na fileira de bancos traseiros, que acomodam até três adultos, folgadamente, garantindo conforto em lingas viagens.

Os mesmos redatores da Quatro Rodas apontam pequenos detalhes negativos, como assentos duros, típicos de picapes médias, porém, os bancos dianteiros estão equipados de sistema de aquecimento e de ventilação sob bom revestimento perfurado, suplementado dos ajustes elétricos apenas para o assento do motorista. O motor 1.5 turbo com novas tecnologias, incluindo injeção direta de combustível.



Outros destaques da parte interna: está equipado de central multimídia que opera via Apple CarPlay; entrada para carregador de celular, todos sem fio, além do serviço de conectividade que garante o controle funções via aplicativo, além de outras comodidades, entre elas a saídas de ventilação na parte traseira; a porta de USB e o teto solar panorâmico.

Leia também:  Fiat Grand Siena Itália - Nova edição especial foi lançada no Brasil

Detalhes do Caoa Chery Tiggo 7

No ano de 2019 a empresa Caoa Chery fez estrear uma de suas mais bem-sucedidas produções: Tiggo 7. Este belo automóvel não possui sete lugares como muitos esperavam. São três fileiras de bancos que compõem o diferencial de deste grande SUV. Portanto, o modelo Tiggo 7 não chega a possuir sete lugares, mas apenas cinco. Os especialistas completam essa afirmação explicando que nem poderia ser diferente, dado que o porta-malas tem capacidade de 414 litros, perfeito para o padrão dos modelos vazados em dimensões similares.

Trata-se de um modelo muito competitivo, que é produzido na unidade de Anápolis, da Caoa. Este veículo tem seus fundamentos projetados no mesmo segmento dos modelos ix35 e Tucson, como também é montado na mesma indústria. Por essa razão, as semelhanças são muitas entre o Tiggo 7 e as produções da Hyundai.

Entretanto, apesar dos pontos de encontro, entre as estruturas, o motor 1.5 turbo instalado no Caoa Chery nada tem a ver com o motor 1.5 turbo utilizado no Tucson.

Outro detalhe é o de que o Tiggo 7 não possui Entre Eixos muito mais espaçoso que os automóveis que competem ele, entretanto, o Caoa ganha muito em espaço interno. O assoalho é quase totalmente plano, podendo acomodar mais um passageiro no meio do banco traseiro, ou seja, estratégia muito bem elaborada, atingindo a concorrência de surpresa. Entretanto, a direção está desprovida da função de ajuste sobre a profundidade da coluna de direção.

Deste modo, o Tiggo 7 mantém concorrência com um grupo de modelos menores. É comercializado no Brasil entre os valores de 130 mil e 150 mil reais. Este veículo possui um visual externo bastante atraente e imponente. Os sucessores prometem mais equipados de série.

Leia também:  Concorrentes do Toyota Corolla 2018 - Principais Vantagens dos Modelos

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.