Novo Caoa Chery Tiggo 2 conta com câmbio CVT



O SUV da companhia chinesa Chery, Tiggo 2, lançado em 2016 passou por mudanças surpreendentes. Estas atualizações mais elaboradas são importantes para veículos que estão dentro do período denominado como "reestilização de meia vida". Primeiramente, o novo modelo foi apresentado somente na matriz chinesa, e sabemos que o facelift conta com mudanças relacionadas ao design dianteiro, repaginada na cabine e painel de controle, além da mudança mais esperada: agora o câmbio do carro passa a ser CVT.

A atualização do modelo conta ainda com o tradicional motor aspirado 1.5 das versões anteriores, porém, a companhia realizou algumas adições importantes, como freio de estacionamento e a uma nova central de multimídia. Devido aos atrasos ocorridos na produção das montadoras, pela pandemia de Covid-19, a programação da Caoa Chery é que o modelo esteja disponível no mercado brasileiro no próximo ano, mas ainda sem data definida.



As versões anteriores do Tiggo 2 contavam com um câmbio antigo de caixa automática com apenas 4 marchas, configuração que deixou muitos consumidores desapontados, que aguardavam ansiosos por uma atualização na caixa de marchas nesta nova versão. Atendendo as demandas do mercado, a companhia programou uma transmissão variável do novo câmbio CVT. A companhia oferece também a opção de transmissão manual de 5 marchas sem atualização.

A decisão da companhia é considerada bastante acertada. Alguns consumidores demonstraram insatisfação com a versão anterior quanto ao desempenho e ao uso do antigo câmbio automático de quatro marchas, obrigando a companhia chinesa a programar uma caixa de marchas mais moderna. A empresa ainda não passou uma definição se a atualização se dará com seis marchas, assim como foi usada na fabricação do Arrizo 5. A expectativa é que a nova versão ganhe o câmbio CVT com nove marchas.

Leia também:  Novas punições para motoristas pegos dirigindo embriagados


Com foco em conquistar cada vez mais os consumidores, a companhia tem investido pesado em oferecer diferenciais que os mantenham á frente de seus concorrentes. Um exemplo disto são os esforços da empresa em oferecer um maior conjunto de vantagens ao lançar um novo veiculo. A proposta do SUV Tiggo 2 é oferecer um mix de diferenciais que deixam o carro em posição vantajosa aos demais veículos da categoria.

Além desta importante atualização, o Tiggo 2 apresenta uma repaginada quanto ao acabamento interno: portas ganharam novo design e novo revestimento, a central multimídia irá acompanhar as mesmas especificações dos seus irmãos maiores Tiggo 5X e Tiggo 7. Detalhes sofisticados ao volante e aos bancos agradaram aos usuários, até a manopla do câmbio foi redesenhada. Sistemas de pressão dos pneus também estarão disponíveis para os usuários.

A versão de entrada do Tiggo 2 parece bem equipada. Segundo o site oficial da companhia, possui rodas de liga leve aro 16, freio a disco nas quatro rodas, computador de bordo e sensores de estacionamento. O carro promete uma experiência muito satisfatória ao condutor, com controle de estabilidade, motor 1.5 aspirado com bom desempenho e 116 cavalos de potência.

A companhia chinesa tem se destacado no mercado automotivo, desde 2009 atuando no Brasil. Tem investido fortemente em industrias modernas e tecnologias e possuem um olhar especial no atendimento pós venda. A empresa possui uma rede grande de atendimento e um pólo de distribuição com grande capacidade de estocagem de peças de reposição. Com indústrias na capital paulista e no estado de Goiás, a empresa preconiza na produção dos automóveis com as mais recentes novidades tecnológicas, além de times de profissionais super qualificados para atender toda a demanda do mercado.

Leia também:  Iveco Daily Elétrico - primeiro caminhão elétrico do Brasil
Por Adriana Silva Souza

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.