Novo Hyundai Tucson 2021 – Novidades


Modelo muda completamente e conta com interior futurista.

A indústria do automóvel começa a se preparar para o pós-pandemia. Uma das multinacionais do segmento está com novidades.


A estreia aqui fica por conta da sul coreana Hyundai, para o segundo semestre de 2020, com a linha que compõe a nova geração do modelo Tucson, o qual se tornou realidade. Foi oficialmente anunciado, por meio dos representantes desta marca, os destaques e demais detalhes da quarta linhagem, com data já agendada para o dia 15 de setembro. Entretanto, especialistas haviam se adiantado por meio de informações não oficiais, que agora se confirmam, no que tange ao design externo, muito discutido e deduzido nas redes sociais, como também sobre os primeiros esboços da configuração de painel, que assombra com seu formato futurista e tecnológico.


Tal como deduzido e rastreado por vazamentos, este design foi claramente inspirado no conceito da versão Vision T Concept, lançado em 2019, mantendo a estratégia de produção que os gestores da Hyundai chamam de "Parametric Dynamics". Deste modo, a carroceria salta aos olhos, adornada de vincos mais evidentes, intensos e bem mais definidos, apresentando uma dianteira imponente e agressiva. Entretanto, o protagonismo ainda está na grade munida de luzes diurnas, tipo LED e integradas, tornando seu visual atraente também pela beleza.


Na área de iluminação, ao conferir a parte traseira, percebe-se a ousadia dos engenheiros no formato dado às lanternas, também de tipo LED, com uma faixa de luz que faz uma ponte entre as duas extremidades, o desenho dessas lanternas, em alto relevo, é como um triângulo irregular e simétrico, ao mesmo tempo.


As novas rodas são de aro 19 polegadas, atualizadas e cromadas. As rodas precisaram ser redesenhadas, dado que a carroceria está mais longa e mais larga, ou seja, ganhou mais espaço e tecnologia combinados ao novo design.

Mesmo assim, os representantes da companhia afirmaram que essa linha produziu apenas duas alternativas de carroceria, porém, esta é a primeira vez que há uma variante com maior distância de entre eixos, destinada aos mercados mais exigentes como nos EUA, na China e na própria Coreia do Sul. Há ainda a distância de entre eixos mais estreita, para os mercados da Europa e do Oriente Médio.

Apesar do alarde e do vanguardismo do design, trata-se basicamente da mesma configuração e do mesmo título, Tucson. É como na reedição de um livro, em que se corrigem ideais se atualiza a capa.

O new novo Tucson, entretanto, é tanto evolucionário como revolucionário. À parte ao nome, todo o resto passou por mudanças e aperfeiçoamentos, de acordo com o vice-presidente sênior e chefe do setor de design da empresa.

No interior, o novo desenho de painel surpreende por apresentar uma proposta futurista e um alto nível de tecnologia nele embutida. É fácil notar, segundo os especialistas, que o quadro de instrumentos tradicional foi evidentemente substituído pela atual tela digital, em posição horizontal, a qual opera em diversas alternativas de personalização. O sistema multimídia agora possui tela de 10,25 polegadas e está mais ao alcance do motorista, facilitando sua interação, dado que este painel está integrado ao console, além de causar uma sensação de estar pairando na atmosfera da cabine.

Toda a iluminação neste mesmo ambiente interior também foi sublimada, dispondo de 64 tonalidades de cores e mais 10 níveis distintos de brilho.

Sobre a parte mecânica, ou seja, o motor, e mais a data de estreia no comércio, ainda não foram divulgadas atualizações, mas segundo os representantes da Hyundai, as próximas semanas serão de mais atualizações.


Paulo Henrique dos Santos


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.