Volkswagen Fox volta a ser Produzido



Retorno da produção deve ocorrer em maio deste ano.

Os amantes do Fox podem comemorar porque a Volkswagen confirmou que retomará a produção do modelo a partir de maio deste ano. Houve uma parada temporária que se deu apenas para a montadora se adequar às novas exigências de segurança do Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

A imprensa especializada divulgou, em dezembro, os rumores de que a montadora tiraria o Fox, bem como o up! de linha. As concessionárias já teriam tirado os modelos do showroom, e as novas versões estariam deixando de ser divulgadas pelos vendedores.



Entretanto, o que se confirmou é que o Fox realmente deixou de ser produzido na fábrica localizada em São José dos Pinhais, no Paraná. Contudo, a interrupção da produção é apenas transitória.

O modelo voltará a ser produzido a partir de maio porque já existe um público cativo, especialmente o feminino, devido à sua dirigibilidade, altura e itens de série, como câmera de ré e banco do motorista ajustável.



Modelo deve sair de linha ano que vem

Porém, a previsão ainda não confirmada pela Volkswagen é que o modelo deixará de ser produzido definitivamente a partir de 2021. Isso deve ocorrer juntamente com outros modelos, como o up! e o próprio Gol.

A previsão se dá, em partes, pelo ano de lançamento do Fox, que ocorreu em 2003. O “velhinho” recebeu apenas duas reestilizações. A primeira em 2009, e a segunda em 2014. Ou seja, já vai completar seis anos que o veículo não recebe uma repaginada da montadora.

A mesma suspeita recai sobre o up!, que foi lançado em 2014. A montadora estaria concentrada, agora, na produção do novo Gol. Ele deverá se inspirar numa nova versão do Polo, que já saiu de linha em meados de 2015.

Leia também:  Renault Triber - Detalhes da Nova Minivan baseada no Kwid

Um dos motivos que reforçam esta tese é o anúncio, feito ainda no início de 2019, pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região, de que a Volkswagen deixaria de produzir no interior de São Paulo os modelos up!, Voyage e Gol.

Se isso se concretizar, a decisão tomada pela montadora pode afetar o comércio de seminovos. Isso porque há vantagens e desvantagens de se comprar ou vender um modelo que saiu de linha.

Entre as vantagens na aquisição estão a desvalorização do preço e a redução do valor do seguro. Porém, comprar um carro zero quilômetro que sairá de linha em breve é um indício de que o preço desvalorizará cerca de 20%, segundo a imprensa especializada, se a intenção for revendê-lo com poucos anos de uso.

Versões recentes são divulgadas no site da montadora

Hoje as versões mais recentes do Fox ainda são divulgadas no site. Confira algumas características de cada um:

Fox Connect

  • rodas de liga leve;
  • controle automático de velocidade;
  • sensores de estacionamento;
  • sistema de som com entrada para USB e outras conexões.

Fox Xtreme

  • piloto automático com controle sistemático de velocidade;
  • visual mais aventureiro;
  • câmera de ré;
  • sistema de som com touchscreen.

Resolução do Contran afeta a produção de outros veículos

Além do Fox, outros 13 modelos foram afetados pelas novas medidas de segurança impostas pelo Contran.

Trata-se da Resolução 518/2015, que entrou em vigor no último dia 1º, tornando obrigatória a instalação de cinto de três pontos, bem como os apoios de cabeça, nos bancos traseiros centrais.

Desse modo, os carros já devem sair equipados de fábrica. Afinal de contas, as medidas dão mais segurança aos passageiros em relação ao cinto abdominal.

Leia também:  Peugeot 308 2013 - Vídeo Análise do modelo

Portanto, além de carros da Volkswagen, como o Fox e o up!, também devem se adequar à norma modelos produzidos pela Fiat, Nissan, Citröen e Renault.

No que se refere à Volkswagen, a medida deve abranger os modelos fabricados nas plantas de Taubaté e São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo. Estamos falando do Voyage, Gol e Saveiro, de cabine dupla. Portanto, se esses veículos “sumirem” das concessionárias é devido à esta nova exigência do Contran para conferir mais segurança aos veículos.

Texto de Maria Gizele da Silva

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.