Recall do Fiat 500 – Problema no Câmbio Automático



Problema atinge mais de 2.000 unidades fabricadas entre 2012 e 2013.

Na última sexta-feira, 20 de dezembro, a Fiat anunciou um recall, envolvendo 2.178 unidades do Fiat 500, modelo ano/modelo 2012/2013 com câmbio automático.

Conforme comunicado, existe a possibilidade de soltura do cabo seletor de marchas. Caso isso ocorra, o veículo não poderá alternar entre as posições: P, R, N e D, mantendo-se a posição selecionada antes da soltura, podendo causar risco de acidentes.



Antes de solicitar o agendamento e ocorrer os devidos reparos, a fabricante faz um alerta aos proprietários: “A FCA (Fiat Chrysler Automóveis Brasil) solicita aos consumidores orienta que antes de arrancar e após estacionar os seus veículos se atentem à posição da marcha indicada no painel de instrumentos”.

Confira abaixo os detalhes do modelo envolvido:

  • Fiat 500 com câmbio automático



  • Modelo ano/modelo 2012/2013

  • Chassis (não sequenciais, seis últimos dígitos) de 128562 a 595770.

Tire agora algumas dúvidas sobre o que é a convocação e o que fazer

O que é recall de veículos?

Recall é a convocação reparo quando um veículo, cujo modelo e/ou chassi dentro de um lote, apresentam falhas de produção. Sendo necessária essa convocação, a fim de evitar danos ao proprietário.

De acordo com a Lei 8.078/90 do Código de Defesa do Consumidor, “o fornecedor não pode colocar no mercado de consumo, produto ou serviço que apresente alto grau de risco à saúde ou segurança das pessoas. Caso o fornecedor venha a ter conhecimento da existência de defeito após a inserção desses produtos ou serviços no mercado, é sua obrigação comunicar o fato imediatamente às autoridades e aos consumidores”.

Terei algum prejuízo financeiro?

De acordo com o Procon-SP, qualquer serviço prestado pela fabricante deverá ser totalmente gratuito. O dono do veículo não poderá ter nenhum prejuízo com a convocação do recall.

Caso o proprietário do veículo necessite se deslocar a lugares distantes ou se ausentar do trabalho para levar o automóvel para o reparo, por exemplo, poderá acionar a justiça solicitando compensação.

Devo mesmo levar o meu veículo para o recall?

Do ano de 2014 a 2018, 9.504.580 de veículos foram chamados e menos da metade foram levados para conserto.

Porém, para a própria segurança do proprietário, é importante levar seu carro para que o problema seja resolvido, evitando assim acidentes, danos físicos e materiais. Mesmo que não haja o comparecimento, a fabricante está proibida de aplicar qualquer tipo de punição.

No entanto, caso ocorra algum acidente ou problema grave, tanto a fabricante quanto o proprietário poderão ser responsabilizados.Uma vez que, a montadora fez o comunicado do recall, cumprindo assim o seu dever.

Contudo, se o cliente não atender ao chamado dentro de um ano, o documento do veículo irá registrar o aviso de recall como um alerta e o Denatran avisará diretamente o dono do carro sobre os recalls pendentes.

Esse aviso aparecerá no documento de licenciamento (CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo), tanto na versão em papel e quanto na eletrônica.

Caso passe um ano da convocação ainda poderei ser atendido?

Independente do período de um ano ou da idade do automóvel, o proprietário do veículo pode solicitar a reparação a qualquer momento. A convocação só poderá chegar ao fim quando toda frota com falha for reparada ou for retirada do mercado.

Como saber se o meu veículo está envolvido e fazer o agendamento?

Para consulta dos chassis envolvidos e/ou maiores informações, entre em contato no telefone 0800 707 1000, disponibilizado pela fabricante. Nesse mesmo número você também poderá fazer o agendamento, a partir de fevereiro de 2020, solicitando a substituição do ajustador do cabo.

É de suma importância entrar em contato com a Fiat, tirar todas as suas dúvidas, fazer o agendamento e concluir o devido reparo. Fique atento.

Texto de Erika Balbino

Veja também:  Volta dos Radares Móveis nas Estradas Federais

Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.