Novo Nissan Sentra 2020 – Novidades



Novo modelo deve chegar às concessionárias com motor 2.0 mais potente.

A empresa automobilística japonesa Nissan está para lançar novo modelo do Sentra. A nova versão do sedan, que já deu as caras na forma do Sylphy, na China, apresenta algumas características interessantes. Os destaques vão para o visual não tão humilde e para o câmbio manual de seis marchas.

Recentemente, o site da Cars Direct mostrou que essa versão manual não será oferecida nos Estados Unidos, e provavelmente não por aqui também. Contudo, o site também diz que o novo modelo japonês terá um motor 2.0 mais potente que o modelo atual.



Segundo a revista, o modelo será vendido com apenas uma versão do motor para o sedan, o 2.0 aspirado de 4mm, com um câmbio automático modelo CVT, ou câmbio continuado, ou seja, que não tem estágios de marchas. Trata-se de um câmbio que aumenta a velocidade gradualmente, e não muda a marcha. Os modelos de 6 posições manuais no câmbio e o 1.6, que foram oferecidos na China, não vieram para a América. Em compensação, o motor de 1.6 de antes foi deixado de lado, e vai ser trocado pelo 2.0 de 151 cv e 19,9 Kgfm de torque. Aqui no Brasil, o sedan vem diretamente do México com motor 2.0 de 140 cv.

Veja também:  Chery Arrizo 5e - Novo Carro Elétrico chega ao Brasil

É importante, no entanto, ficar atento, pois esses dados podem mudar. Uma vez que não há data de apresentação marcada no Brasil, nem nos Estados Unidos. É bem provável que, de introdução, a indústria japonesa lance a versão com câmbio automático CVT. Depois disso, é provável que as outras versões sejam disponibilizadas. É possível dizer isso porque a versão de câmbio manual estava em testes na China.



O Nissan Sentra já está na sua oitava versão. O novo visual externo é inspirado em outro modelo da marca, o Altima. Já a parte interna é inspirada no modelo SUV da empresa, o Nissan Kicks. As melhorias aplicadas na inclusão do sistema de segurança Nissan Safety Shield 360, em um pacote tecnológico que possui aviso de ponto cego, frenagem automática de emergência e farol alto automático. Esse redesign chamou muito a atenção dos técnicos, porque era uma mudança que não acontecia desde 2013.

Veja também:  Toyota RAV4 Prime 2021 - Especificações, Características

O que também recebeu mudanças foi o sistema de suspensão traseira de eixo de torção, que foi trocado por um sistema independente multilink. Esse sistema é uma alternativa ao sistema de eixo de torção. Trata-se de um sistema que é usado mais em carros com suspensão independente. Ele utiliza braços de comprimentos desiguais para melhorar a adaptação da roda ao piso. Esse tipo de coisa não acontece com o eixo de torção, que é mais usado em carros de tração traseira, onde se tem dois extremos ligados um ao outro através de uma barra de ferro. Ao contrário do sistema Multilink, o sistema de eixo de torção causa um pouco de desconforto por causa dos impactos absorvidos em ambos os lados, em vários momentos.

Veja também:  Fluído de Freio - Manutenção, Cuidados, Quando Trocar

A empresa japonesa está em tempo de concorrer com outras marcas como Honda, Hyundai e Toyota, que já apresentaram suas novas versões de sedans de luxo aqui pelo Brasil. As novas versões do Corolla e da Honda foram muito bem recebidas no Brasil. Os modelos apresentam novas tecnologias, novos recursos no que diz respeito ao conceito de carro de luxo. No entanto, o valor pode ser um ponto crucial nessas horas. É bem provável que o Nissan Sentra perca nesse quesito, por se tratar de um modelo importado.

Há quem diga que a nova versão do sedan seja lançada em breve, no Salão de Los Angeles. Mas isso não passa de uma hipótese, uma vez que a empresa chinesa ainda não se pronunciou a respeito do assunto. É bom ficar de olho, em todo caso.

DAVI GABRIEL SOARES

Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.