Novo Renault Duster 2020 – Novidades e Preço





Novo Duster substitui motor 1.6 pelo 1.0, visando redução de consumo e de emissão de gases.

A Dacia, uma empresa subsidiária da montadora francesa Renault, no país da Romênia, continua firme com o processo que irá realizar a troca dos propulsores aspirados pelos motores turbinados. Tal medida foi tomada pela fabricante tendo em vista as normas de emissão de gases poluentes que se encontrarão vigentes no velho mundo a partir do ano de 2021, nas quais os veículos devem se encaixar.

Seguindo este caminho de downsizing para a versão nova do modelo Duster, o motor da Renault de 16 válvulas com 1600 cc sai de cena e agora entra um menor, o chamado TCe 100, o qual conta com três cilindros e 1000 cilindradas, sendo um turbocompressor que possui intercooler e trabalha com injeção de combustível direta.




Com propulsor menor, o Duster a ser lançado irá passar a ser capaz de gerar uma potência de 100 cv e um toque que chega aos 16,3 kgfm, claramente sendo números mais baixos do que os disponíveis no 1.6 SCe (que ainda continuará sendo utilizado por alguns anos no mercado brasileiro). Embora a diminuição tenha sido de 600 cc no motor, o objetivo da marca foi alcançado, que é ter um torque maior em baixa rotação, emissão menor de gases poluentes e também um consumo mais baixo de combustível.

Veja também:  Transformar Motor a Gasolina em Flex com uso de Chip - Verdade ou Mentira?

O motor TCe 100 de mil cilindradas consegue entregar sua força completa ao atingir os 2.750 giros diante das 4 mil rotas do modelo 1.6 SCe, o que ainda pode ser considerada uma alta rotação visto que se trata de um propulsor turbinado moderno. Entretanto, seja do jeito que for, isso já auxilia grandemente o veículo romeno com a sua proposta de emitir uma quantidade menor de gases poluentes.


Consequentemente, isso contribui também para um menor desempenho, isto porque acaba não se aproveitando de forma total a sua saída e o Novo Renault Duster com motor TCe 100 consegue realizar uma aceleração de 0 até 100 km por hora em um tempo de 12,5 segundos diante dos 11,9 segundos alcançados pelo modelo 1.6 SCe, o qual contava com uma potência de 115 cavalos.

Veja também:  Como Recorrer de Multas de Trânsito do Detran e da PRF

Além disso, sua velocidade máxima foi diminuída em 4 km horários, sendo agora de 168 quilômetros por hora, diante dos 172 km horários na versão anterior. De acordo com informações disponibilizadas pela Dacia, 18 por cento foi o valor que diminuiu quando se trata da emissão de gás carbônico, o que representa 125 g por quilômetro, tendo um consumo de combustível de 18,2 km para cada litro. O novo Duster TCe 100 ainda conta com o sistema de Start e Stop com uma transmissão manual de cinco velocidades.

Entretanto, os consumidores que tiverem o desejo de um desempenho maior, terão a oportunidade de escolher a variante que possui propulsor de 1.3 TCe com quatro cilindros, sendo que o referido motor é o mesmo utilizado pela geração mais recente do Classe A e dos derivados da alemã Mercedes-Benz, que nesta lista entra GLB, GLA, B e CLA.

Veja também:  Motor Turbo - Como Cuidar e Dicas de Manutenção

Na Europa, o novo Novo Renault Duster possui este motor com uma potência de 150 ou de 130 cavalos e ainda conta com uma transmissão de embreagem dupla. Já aqui no Brasil o modelo ainda continua sendo preparado para chegar às concessionárias, onde espera-se que o motor 1.6 SCe com câmbio CVT seja muito bem explorado. Acredita que chegue com o conjunto 1.3 TCe, tendo no mínimo uma potência de 160 cavalos.

FILIPE R SILVA



Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.