Novo Onix Sedan 2020 terá Motor 1.4





Confira aqui as principais novidades do Novo Onix Sedan 2020.

A Chevrolet não poderia estar mais orgulhosa de seu último modelo hatch. O Chevrolet Onix é sucesso de vendas na categoria dos compactos. Inclusive foi o hatch mais vendido em 2018, com mais de 200 mil unidades emplacadas, mais que o dobro do que o segundo colocado, que teve apenas 105 mil unidades emplacadas em todo o ano.

O compacto está no catálogo da Chevrolet desde 2012, quando foi apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo daquele ano. A grande missão do Onix era substituir outros dois queridinhos da marca, o Corsa e o Celta. Existe nas versões Joy, LT 1.0 ou 1.4, LTZ 1.4 (com opções de câmbio manual ou automático) e a versão active, aventureira.




O modelo Chevrolet Prisma, pode ser considerado, atualmente, a versão sedã do compacto Onix. Apesar de ter sido lançado em 2006, alguns anos antes do aparecimento do Onix, a sua segunda versão, que foi lançada em 2013, já utilizava a base da carroceria do Onix. O Prisma, ainda, foi totalmente desenvolvido no Brasil, tendo um leve apelo esportivo, ainda sendo um sedã mais popular. Em sua primeira geração contava com um motor 1.4 flex, com 89 cv e torque de 13 Kgf/m.

Veja também:  Fim do Fusca - Encerramento da Produção Mundial

O novo Onix Sedã

O sucesso inesperado do Onix foi tamanho, que o Prisma passará a ser oficialmente a sua versão sedã. A novidade foi anunciada pela Chevrolet, que pretende lançar o carro inicialmente no mercado chinês, com valor inicial de 99 mil yuand, cerca de R$ 57 mil. Esse será o preço da versão do Onix sedã Redline, que conta com um motor 1.0 Turbo com três cilindros, e entrega 125 cavalos de potência.


A versão chinesa, ainda, vai contar com uma transmissão automática de seis marchas e mudanças manuais através de um botão na própria alavanca. O sedã ainda consegue garantir 0 a 100 km/h em 10 segundos e conta com a velocidade máxima em 180 km/h.

Em seus adicionais conta com quatro airbags, dois frontais e dois nas laterais, também conta com controle de tração, controle de estabilidade, sensor de pressão nos pneus, assistente de rampa , além de um novo sensor de estacionamento traseiro.

Veja também:  Troller T4 Trail 2020 - Novidades e Preço

A versão Redline também apresenta direção elétrica, ar condicionado, central multimídia, teto solar elétrico, chave canivete com controle, trio elétrico completo, sistema Bluetooth, duas entradas USB, além da entrada auxiliar e câmera de ré.

Depois do lançamento na China, a General Motors vai preparar o lançamento de versões menos potentes para os próximos mercados, consequentemente a versão será mais barata que a versão chinesa. Para o lançamento no Brasil, será usado, provavelmente, o motor 1.0 turbo, abaixo da versão atual da China, com seu motor 1.4.

O motor 1.4 do Onix Sedã gera 103 cv de potência, agindo com gasolina, é uma diferença de cerca de 5 cv comparado com o motor do Prisma nacional, que tem 106 cv de potência agindo com etanol. O documento oficial que relata todos os detalhes técnicos do veículo, ainda aponta que o consumo é de 20 km/litro.

Veja também:  Carros Elétricos - Mitos e Verdades

Não existem notícias, porém, se a novidade um dia chegará ao Brasil. A única certeza é que os modelos Prisma, tanto 1.0 quanto 1.4 continuarão no mercado nacional. Mas a fabricante não tem intenção de apostar em uma motorização abaixo do 1.0 turbo para as novas versões do seu sucesso de vendas, Onix.

O modelo brasileiro provavelmente será lançado até o fim deste ano, juntamente com sua versão Hatch, que será chamada de Onix Plus. Para o próximo ano, a Chevrolet tem planos de lançamento do novo Tracker, que será produzido em São Caetano do Sul, São Paulo. Os dois modelos Onix, vão ser mantidos na montadora de Gravataí, no Rio Grande do Sul.

Os novos Onix deverão entrar no mercado com o motor 1.0 turbo e câmbio automático, levando os atuais modelos Onix e Prisma para a configuração Joy.

Basta aguardar que a novidade continue sendo um sucesso das vendas, como o Onix já tem sido.

Stephanie Caroline Meyer de Quadros



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.