Novo Tracker 2020 – Novidades no Interior do Carro





Confira aqui o que há de novo dentro do Tracker 2020.

Quem é o Chevrolet Tracker

O utilitário esportivo Chevrolet Tracker começou a ser produzido há quase 31 anos (no final de 1988) no Japão com a parceria da General Motors do Canadá com a japonesa Suzuki. O primeiro modelo foi lançado em 1989. Mas o carro não chegou ao Brasil até a Década de 2000, tendo começado a ser vendido em 2001. Embora o Tracker tenha sido descontinuado nos EUA e no Canadá, ele continuou as vendas no México e no Brasil, embora o modelo tenha sido renovado em 2005. Para o modelo de 2006, o logo da GM foi adicionado nas portas da frente.

E o novo Tracker?

As importações do México serão interrompidas, pois o Tracker será produzido no Brasil em 2020. As imagens do novo Tracker foram divulgadas na China.




O Salão de Xangai tinha mostrado o modelo somente por fora. Essa nova geração vai vir com tela de 8 polegadas (20 cm) de diagonal. Essa tela é denominada de multimídia flutuante, da mesma forma que no Ford EcoSport.

Veja também:  Ford Ranger 2020 - Preço, Mudanças e Novidades

Volante

O logo da Chevrolet aparece no centro do volante com cor escurecida. Está preto, na cor do volante. Se o mesmo padrão for utilizado no Brasil será inédito. Do lado direito do volante encontramos os comandos de rádio e telefone, já do lado esquerdo podemos encontrar o limitador de velocidade, piloto automático e outras funções. O volante tem revestimento em couro e base achatada.


Materiais

As extremidades do painel e as saídas de ar centrais ganharam materiais “soft touch” (toque macio), pelo menos no exemplar chinês é assim, e não há motivos para acreditar que não será assim nos mercados dos outros países. As maçanetas da parte interna do carro e os direcionadores de ar ganharam acabamento em cromo (prateado).

Trocas de marchas manualmente

Se a pessoa atrás do volante quiser trocar as marchas manualmente ela poderá utilizar os botões localizados na alavanca do câmbio automático, que estão lá para essa função.

Veja também:  Mudanças nas Leis de Trânsito - Simulador, Carga Horária e Exame para Moto

Painel de instrumentos

O painel de instrumentos do Tracker 2020 tem um visual limpo e transmite leveza ao motorista. Ele conta com uma pequena tela de 3,5 polegadas (8,9 cm) de diagonal no centro do painel, servindo como um computador de bordo; essa pequena tela está localizada entre os dois mostradores analógicos, que mostram a velocidade e a rotação do motor.

Porta-malas e teto solar

Se o motorista desejar o conforto do teto solar terá que optar pelo modelo mais completo. Mas a opção do porta-malas maior é para todos os modelos. O porta-malas do modelo 2020 terá capacidade de 390 litros e com os bancos abaixados ele vai para 1.344 litros! Lembre-se que atualmente o modelo tem porta-malas de 306 litros, aumentando para 735 litros com os bancos abaixados.

Dimensões e motor

O SUV tem um comprimento considerado médio. As dimensões são as seguintes:

  • Comprimento: 4,27 m
  • Altura: 1,60 m
  • Largura: 1,79 m
  • Entre eixos: 2,57 m
Veja também:  Análise Honda HR-V Touring 2020 - Test Drive

O motor [pelo menos na China] será de três cilindros com volume de 1.0 L turbo. O motor terá potência de 115 cavalos (85 kW).

Lançamento só na próxima década?

A resposta para essa pergunta é “sim”. Os brasileiros só vão ver o carro sendo dirigidos pelas ruas tupiniquins no ano de 2020. O motivo disso é que agenda da Chevrolet está lotada para 2019. Ainda há alguns lançamentos de modelos globais marcados para o ano de 2019. Podemos citar como exemplo o Onix Sedan, que tem estreia para 2019.

Falando em próxima Década, já podemos especular que a Década de 2020 será a Década da super expansão dos SUVs na maioria dos mercados do Ocidente (e alguns do Oriente). Eles já começaram a tomar o lugar dos Sedans em meados da Década de 2010 e a previsão de alguns analistas é que a expansão vai continuar.

Por Bruno Rafael da Silva



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.