Nova Picape Renault Alaskan no Brasil?



Lançamento da Nova Nissan Frontier e do Mercedes Classe X pode atrapalhar a vinda do Renault Alaskan ao Brasil.

Será que já é viável considerar novamente a possibilidade de ver, em breve, a picape Renault Alaskan circulando pelas ruas do Brasil? Essa é uma das grandes perguntas do meio automobilístico nos últimos dias e as expectativas são interessantes, para dizer o mínimo.

É preciso considerar, no entanto, que o lançamento da Renault Alaskan ainda não é certo por causa de uma tensão na aliança Renault-Nissan (o projeto da picape é o mesmo que serviu de base para a criação da Nissan Frontier). Vamos ver mais detalhes sobre toda essa situação a seguir, continue acompanhando e tenha uma boa leitura!



Entenda a situação da Renault Alaskan no Brasil

Os planos originais da aliança Renault-Nissan para a América do Sul priorizavam a produção da picape Nissan Frontier na Argentina. A vinda deste veículo para o Brasil já está acertada. Em seguida, o próximo passo da estratégia seria a produção da Renault Alaskan, na Argentina da mesma forma, com breve chegada em território brasileiro.

Veja também:  Aumento nos Preços do Fiat Strada, Toro e Fiorino

Acompanhando o lançamento da Renault Alaskan no Brasil, aconteceria também o lançamento de outra picape, a Mercedes Classe X (que também usa o mesmo projeto que deu origem aos veículos citados anteriormente, Renault Alaskan e Nissan Frontier).



Problemas no lançamento da Mercedes Classe X

No entanto, a Mercedes-Benz desistiu dessa estratégia, com a instabilidade econômica que ocorre atualmente na Argentina como argumento no comunicado oficial que foi publicado por eles. Existe ainda uma outra possibilidade para isso ter acontecido, que ainda não foi confirmada. Ela estaria relacionada a problemas sérios na gestão da aliança Renault-Nissan.

Especula-se que a prisão do ex-presidente da aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn, que estava envolvido no acordo que faria a Classe X chegar ao Brasil, também levou a Mercedes-Benz à desistência. A picape da empresa alemã será produzida apenas na Espanha e não há expectativas para que ela apareça no Brasil em breve.

Veja também:  Novo Chevrolet Onix 2020 - Preço, Novidades e Análise

Menos concorrência, mais possibilidades

Originalmente, a ideia de trazer a Renault Alaskan para o Brasil também estava comprometida e uma desistência era esperada em algum momento, por causa da falta de tradição da francesa com o segmento de picapes. Com a Mercedes Classe X fora do caminho no mercado automotivo sulamericano de picapes, isso passou a ser reconsiderado e a Renault está revendo a sua postura em relação a isso.

Com um concorrente a menos para a Renault Alaskan, não haveria “choque” com o lançamento da Mercedes Classe X, o que favoreceria o despertar da atenção do público que está à espera das picapes mais recentes em solo brasileiro. Para haver uma resposta mais precisa, é preciso aguardar os desdobramentos dos acontecimentos ligados aos problemas com a presidência da aliança Renault-Nissan.

Características da Renault Alaskan

A Renault Alaskan conta com um motor 2.3, que é turbo e deve ser abastecido com diesel. Segundo os dados de fábrica, ela pode ir do zero a 100km/h em até 12 segundos. A velocidade máxima da picape é de 160km/h. Ela possui dois níveis de potência: 160 cavalos (monoturbo) ou 190 cavalos (biturbo).

Veja também:  Hyundai Creta 2020 - Especificações, Ficha Técnica

Outros aspectos da Renault Alaskan: ela pode ter câmbio manual de 6 marchas, se considerarmos a versão de acesso, ou câmbio automático de 7 velocidades em suas outras variantes, como as intermediárias. A produção do veículo está prevista para acontecer em Cuernavaca (México), Barcelona (Espanha) e Córdoba (Argentina) — assim que a situação da Alaskan na América do Sul se confirmar.

Gostou do artigo de hoje? Então, compartilhe com aquela pessoa que é fanática por veículos automotivos. Com certeza, ela vai se interessar muito em acompanhar os próximos passos desse lançamento tão aguardado da aliança entre a Renault e a Nissan, que é a Renault Alaskan!

Ricardo de Almeida Ramos

Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.