Fim do Ford Focus no Brasil





Modelo deixará de ser produzido na Argentina.

Está chegando o fim de uma era: Tanto as versões hatch quanto a sedã serão fabricadas na Argentina apenas até o dia 9 de maio, quinta-feira. Após isso, a fábrica de General Pacheco, na Argentina deixará de produzir o Ford Focus. Como o Brasil depende da produção argentina do Focus, aqui o veículo também vai sair de linha. Foram mais de vinte anos, três gerações e, com certeza fez parte da vida de muitas pessoas em toda a América Latina.

O primeiro lote de Ford Focus hatch começou a ser comercializado em 2000 e chamou a atenção por conta de seu design fora dos padrões. No Brasil, a linha de hatches da Ford teve início com o Ford Escort, cujas vendas se estenderam desde o ano de 1983 e foram até o ano de 2003.




Desde o ano passado, a fabricante divulgou que estava planejando fazer uma grande reestruturação tanto na América do Sul como no mundo inteiro. O motivo disso tudo é que a procura pelos modelos hatches médios tem sido cada vez mais baixa. Apenas um modelo será fabricado na Pacheco: Ford Ranger.

Veja também:  Teste de Segurança do Volkswagen T-Cross - LATIN NCAP

Esta redução cada vez maior na demanda de hatches e sedãs também chegou aos Estados Unidos. De acordo com a Ford, os carros de passeio terão vendas reduzidas e haverá uma preferência na fabricação de utilitários e de picapes. Na verdade, não é apenas a Focus ou a Ford que está passando por problemas, como podemos ver pelo exemplo da Volkswagen Golf.


Na Ásia e na Europa, a linha Focus vai na contramão desse fracasso: após ter sido totalmente reprojetado, a quarta geração será comercializada nesses dois continentes. Ironicamente, o Ford Focus está entre os dez carros mais vendidos na Alemanha. Já no Brasil e na Argentina, a nova geração do Focus não tem chances de aparecer.

Veja também:  Ford Kuga-Escape 2019 - Novo Rival do Jeep Compass

Como foi a despedida na fábrica de Pacheco, Argentina

A partir de outubro de 2018, foi iniciado um processo de demissões voluntárias. Na despedida, os operários da Ford Focus lembraram esse fato e, além disso, enviaram uma mensagem ao presidente do país, Mauricio Macri. Além de um agradecimento cheio de sarcasmo, a mensagem deixava claro que o último Ford Focus foi produzido em 2019 e que 520 funcionários foram demitidos.

Por enquanto, apenas a picape média, Ford Ranger, será fabricada na Pacheco. De acordo com a Ford, há planos de produzir novos modelos na Argentina, no entanto, não deu detalhes.

A Ford no Brasil

O Brasil segue a tendência de outros países americanos de trocar modelos médios, como o hatch, por esportivos-utilitários. Para ilustrar, as vendas durante este primeiro semestre de 2019 não chegam a 3.000. As vendas serão realizadas até durarem os estoques. Além do Focus, o New Fiesta também deixará de ser vendido. A Ford fechou um acordo com os funcionários da fábrica de São Bernardo do Campo para a demissão deles fosse voluntária.

Veja também:  Toyota pode lançar Sistema Antifurto com Gás Lacrimogêneo

O setor brasileiro da Ford segue o mesmo plano que os Estados Unidos: encerrar o investimento de veículos de passeio no Brasil, e, por outro lado, aumentar o investimento em utilitários-esportivos e em picapes. Por exemplo, o Ford Escape, modelo utilitário da Ford Focus, provavelmente chegará às ruas do Brasil no ano de 2020, mas ainda não temos muitos detalhes sobre o possível lançamento, apenas especulações.

A boa notícia é que não está nos planos da fabricante encerrar a fabricação de automóveis no Brasil: O Ford Ka continua firme, forte e com novidades: a estrutura foi reformulada, além de receber um facelift aprofundado.

Você tem um Ford Focus? Acha justo que o modelo deixe de ser fabricado na América do Sul? Conte suas opiniões por comentário!

Por: Jéssica Lima Cochete



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.