Recall Jeep Compass – Problema no Sensor de Pressão do Combustível





Problema atinge quase 89 mil unidades e pode desligar o carro sozinho.

Geralmente quem compra um automóvel novo sabe que por um bom período ficará longe das oficinas mecânicas. Afinal, os carros novos não requerem reparos de possíveis problemas, apenas necessitam de uma manutenção gradual que geralmente é oferecida pelas montadoras. Contudo, pode ocorrer de a história ser um pouco diferente, mesmo se tratando de carros novos. Estamos nos referindo aos conhecidos Recalls que nos últimos tempos têm sido bem comum em diversas marcas de carros novos.

Pois bem, dessa vez a convocação de carros veio da FCA em relação a um SUV que possui recordes de vendas, o Jeep Compass.




Um anúncio ocorrido no dia 15 do último mês de janeiro pegou muitas pessoas de surpresa por anunciar um recall da FCA. O automóvel em questão é o SUV Jeep Compass, que no ano de 2018 foi considerado o SUV mais vendido no Brasil.

Veja também:  Mitsubishi Eclipse Cross - Lançamento, Especificações

De acordo com as informações da montadora, o número de carros a serem reparados passa de 88.800, um número considerado bem alto, o que configura uma situação no mínimo alarmante para proprietários do modelo.


Ainda segundo as informações recentes, o problema que levará essas 88.803 unidades à realização de reparos se encontra no sensor de pressão do combustível, além da realização de uma atualização do software que controla o motor do modelo.

Os carros que terão que passar pelo recall são equipados com motor tipo Flex e possuem como ano de fabricação os anos de 2016 e também 2019. Em relação aos números de chassis, estes não são sequenciais e partem de H00340 até J41119 (últimos dígitos).

A montadora em seu comunicado oficial informou que o recall deve ser realizado uma vez que o motor desses veículos pode funcionar de uma forma irregular, sendo possível ocorrer de o motor desligar de forma inesperada. Desse modo, esse problema pode levar ao comprometimento da dirigibilidade do automóvel, aumentando assim os riscos de acontecer uma colisão, o que coloca em risco a integridade e a vida dos ocupantes do veículo, além dos prejuízos materiais.

Veja também:  Novo BMW i3 120AH 2019 - Pré-Venda e Preço no Brasil

Diante destas cirscunstâncias, a Jeep informou aos proprietáros dos veículos envolvidos que a realização do reparo deve durar cerca de duas horas. Desde o dia 18 do mês de fevereiro os reparos já estão sendo realizados em todas as concessionárias.

Os proprietários de veículos cujos chassis estão ligados aos recall não precisam agendar o reparo nas concessionárias, basta levar o veículo e no máximo em duas horas o reparo será concluído.

Aos proprietários de veículos Jeep Compass dos anos 2016 e 2019, a montadora disponibilizou um número de telefone para que dúvidas possam vir a ser tiradas, sendo este 0800 703 7150. Também é possível se informar por meio do site da marca, acessando www.jeep.com.br.

Veja também:  Fim do Ford Fusion em 2020

Não existe por parte da FCA uma data limite para a realização do reparo. Dessa forma, a montadora até que a última unidade de Jeep seja reparada irá manter o recall. O que ocorre principalmente pelo fato de que o defeito em questão pode colocar em risco a vida dos ocupantes destes veículos.

Por isso, se você é proprietário de um Jeep Compass, esteja atento a essas informações, acesse o site informado ou ligue no número de telefone disponobilizado, para se certificar se seu veículo deve ou não passar pelo recall. Também, para esclarecer esta dúvida, basta levar o carro em uma concessionária da marca e os profissionais poderão avaliar o veículo.

O recall nem sempre é visto com bons olhos, mas ele é muito válido uma vez que serve para evitar problemas futuros. Nesse sentido, não deixe de se informar e levar o seu veículo para realizar o recall, pois somente assim será possível trafegar em segurança com o seu carro novo.

Sirlene Montes



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.