Quando Trocar os Amortecedores do Carro



Saiba aqui a hora certa de trocar os amortecedores do seu carro.

Quando eu devo trocar o amortecedor?

Não existe uma quilometragem certa para trocar um amortecedor, tudo depende da forma de condução do motorista e do piso que o veículo estará sempre rodando.

O fato é que o amortecedor é um item de extrema importância por tratar diretamente da segurança não só do condutor como também dos passageiros do veículo e também do pedestre e ele merece um cuidado redobrado quando for substituído por um novo.


4 Indícios que os amortecedores podem estar gastos

Como não existe uma regra geral, um único par de amortecedores pode rodar de 50.000 km até 150.000 km sem nenhum problema aparente, mas é importante prestar atenção em alguns sinais na rodagem e condução do automóvel, através destes sinais será possível identificar algum desgaste, mesmo que seja prematuro e a partir dele iniciar uma correta avaliação, dentro eles destacamos:

  • Trepidação incomum do veículo ou traseira muito solta: Se você perceber que o rodar mesmo em estradas com asfalto bom está apresentando trepidação excessiva, já é hora de visitar seu mecânico, está regra também vale para a traseira do veículo;
  • Fazer curvas e perceber que à traseira desgarra muito: É preciso manejo para identificar problemas através deste sinal, mas realizar curvas fechadas e sentir a traseira solta também pode indicar problemas na suspensão do automóvel;
  • Barulhos e ruídos quando o automóvel passa em ruas esburacadas: Está dica é mais fácil, mesmo assim uma inspeção minuciosa é necessária porque pode não ser somente o amortecedor que está com problema;
  • Som seco da suspensão sob qualquer irregularidade mínima que estiver rodando: Ouviu um som seco mesmo quando o veículo passa em um buraco pequeno? Leve ele o mais rápido possível em uma mecânica e cheque suas suspensões, o problema pode ser mais grave e já está comprometendo sua segurança como condutor.
Veja também:  Ford Fusion 2019 - Novidades da Última Geração

Um velho truque que pode (não) funcionar

Sempre haverá um mecânico ou “especialista” que irá aconselhar realizar um velho truque para testar à suspensão: balançar à traseira do veículo para baixo duas vezes e soltá-la, se a traseira oscilar de cima para baixo mais do que uma vez, pronto precisa trocar os amortecedores imediatamente.

Será que é tão fácil assim? É difícil saber! O bom mesmo é levar o carro em uma rede autorizada ou checar às peças com um mecânico de confiança, este truque pode não funcionar tão bem em algumas suspensões ou mesmo alguns modelos com configuração diferentes de fábrica (como os esportivos e SUVs de grande porte).

Veja também:  Multas de Trânsito podem passar a ser Registradas por Qualquer Pessoa

Mais uma dica, veículos que rodam constantemente em estradas de terra ou em terrenos com condições mais severas estão sujeitos a um desgaste muito maior de suas suspensões, não só pelo trabalho redobrado que são submetidas como também pela areia, pedregulhos, terra e todas as sujeiras que os componentes estão expostos durante este rodar.

Sendo assim, é preciso atenção redobrada e visitas regulares em uma mecânica de confiança para acompanhar de perto o desgaste prematuro dos amortecedores.

Cuidado com o orçamento proposto na troca

Faz parte do conjunto que engloba o amortecedor um extenso kit que pode incluir parafusos, buchas, batentes e coxins, mas trocar à peça principal (o amortecedor) não quer dizer que precisa trocar as demais peças deste conjunto.

Veja também:  DPVAT 2019 - Valor, Como Pagar e Consulta de Pagamento

Por isto se o orçamento proposto tiver muitos itens e ficar mais caro do que o problema original apontado, desconfie. No final pode até ser relevante trocar partes importantes e integradas como os batentes e coxins para deixar todo o conjunto novo.

Se perceber que mesmo assim existe a listagem de outros componentes para compra, não custa inspecionar o estado das peças antes da troca ou pedir um novo orçamento em um nova loja para efeito de comparação.

Autor: Carlos B.

Relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.