Mitsubishi ASX 2020 – Novidades e Mudanças





Modelo deverá ser apresentado em março no Salão de Genebra 2019.

Para a surpresa de muitos, o Mitsubishi ASX 2020 está de aparência nova na Europa e ao que tudo indica, vai demorar um bom tempo para deixar as lojas, podendo até mesmo concorrer ao Troféu Imortal. Devido a isso, alguns ousam chamar o SUV de “quase imortal”. Ele será apresentado no Salão de Genebra, localizado na Suíça, no dia 5 de março, e algumas imagens já foram divulgadas. Apesar do sucesso em vendas em 2018 (emplacando um número superior a 5 mil unidades comercializadas), infelizmente não há previsão de quando será o lançamento no Brasil, porém, a comercialização por aqui já está confirmada.

Chega a ser muito fácil desvendar de onde vem toda a influência para o desenvolvimento do novo visual de sua quarta reestilização, claramente foi baseado no modelo L200 triton em vários aspectos, carro este que ainda não foi lançado no Brasil, mas sua estreia foi confirmada para o final de 2020, então está cada vez mais perto. Então, se você quiser sentir o gostinho de dirigir um Mitsubishi ASX 2020 e não quiser esperar muito, há essa opção de similar. Para perceber as semelhanças, basta observar seu aplique cromado suja o formato lembra a letra “C”.

Veja também:  Novo BMW i3 120AH 2019 - Pré-Venda e Preço no Brasil



As alterações realizadas no design foram extravagantes, com destaque na dianteira, mas ainda sem mudanças interessantes nas laterais, e a plataforma se manteve como nas atualizações anteriores. Mesmo a lateral não tendo grande relevância no requisito de mudanças, é possível notar o acréscimo de um novo friso cromado situado próximo à caixa de roda dianteira. A grade agora está mais inclinada, os buracos encontrados no para-lama dianteiros para os piscas farão falta, o para-choque ganhou uma perspectiva mais reta e agressiva com difusor falso integrado e saídas de ar nas extremidades. Como se já não fosse o bastante, os faróis de neblina foram divididos em quatro pontos de luz em cada um deles e todos contam com iluminação de LEDs adicionados na traseira e no centro do para-choque, com direito a novo grafismo, mesmo zelando pelo formato. É possível que tal iluminação também seja baseada no modelo L200, nele a iluminação é separada dos faróis principais que, por sinal, ficam um tanto quanto mais deslocados para baixo.

Veja também:  Ar-Condicionado Automotivo - Limpeza, Consumo e Manutenção

Em seu interior, o Mitsubishi ASX 2020 mostra boas novas sublimes na central multimídia, que tem uma tela de oito polegadas e é sensível ao toque, equipada com GPS Tomtom integrado a um aplicativo capaz de checar o nível de combustível, mostrar o trânsito em tempo e indicar qual o posto mais próximo. Também virou portador de novas cores, variando entre os tons de vermelho Diamond, marrom Oak a laranja Sunshine. Caso você tenha passado o olho nas fotos e teve a leve impressão de que já viu aquela grade em algum lugar, saiba que não foi mera coincidência, pois ela lembra bastante a do modelo Eclipse Cross, considerado como o seu irmão.

Veja também:  Renault Arkana - Lançamento no Brasil

Para manter o carro como imortal, a motorização foi mantida sem nenhuma modificação, ainda com um motor de quatro cilindradas de 2 litros, preparado para atingir cerca de 150 cv (cavalos) e 22 kgfm de torque na Europa e está disponível nas concessionárias locais já em setembro. Aqui no Brasil, o motor ganhou uma tecnologia mais flexível, ficando ainda mais potente, com a possibilidade de alcançar os 170 cv. O carro é disponibilizado somente com câmbio CVT. Ambos os casos tem opção de tração integral ou dianteira e a transmissão pode ser automática do tipo CVT (que simula 6 velocidade) ou manual com 5 velocidades. Os preços variam entre R$ 104.900 e R$ 130.990. A produção nacional dessa nova geração será efetuada na fábrica de Catalão, em Goiás, mas ainda não há data de chegada definida.

Fabio Santos



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.