Novo Honda City 2020 com Motor 1.0 Turbo




Modelo deve ganhar novo design e pode ser apresentado no segundo semestre de 2019.

Uma das maiores companhias no ramo de automóveis está com novo lançamento. A organização Honda Motor Company consiste em uma das mais importantes fabricantes de automóveis e motocicletas em todo o mundo.

Muitos especialistas saíram a campo e conseguiram registrar flagras do novo modelo Fit. Portanto, o que era inédito aos olhos do público interessado, já não é mais, dado que agora estão surgindo as primeiras notícias desta sétima geração do Honda City, que em realidade, se trata de uma derivação de Sedã.


Entre outras fontes que participaram da prévia divulgação, está a revista tailandesa Headlight, responsável pela antecipação de dados mais interessantes, como o agendamento da apresentação destes três-volumes, a qual será realizada ainda neste ano de 2019, possivelmente em evento no Salão Internacional da própria Tailândia, no mês de dezembro.

Trata-se de um tipo de sedã que está moldado em novo design, cuja inspiração vem do New Accord, que estará equipada de um motor tipo 1.0 turbo, em três cilindros, acrescido de uma versão híbrida, que utiliza o tipo 1.5 aspirado e uma dupla de motores elétricos. Assim como o City de fabricação nacional, ele foi todo repaginado para o ano de 2018, tornando-se desde então a nova geração, que estará em constante processo de evolução e com modelos agendados para comercialização no ano de 2020. Alguns especialistas brasileiros arriscam o palpite de que este novo veículo será apresentando Salão do Automóvel, em São Paulo.

Veja também:  Novo Kia Cerato 2020 - Lançamento e Novidades

Conforme os dados lançados ao público, pela especializada Headlight, este novo Honda City está sendo produzido dentro da nova identidade visual da companhia, que se iniciou por meio do sedã Accord. Deste modo, a sua grade frontal está bem maior, instalada próxima do para-choque.

A parte da barra cromada está elevada até a altura do capô e segue em curva até os faróis, em um contorno elegante. O consumidor poderá esperar por mudanças operadas, também, na parte traseira, que estará munida de novas lanternas, tipo "V"; além de novidades processadas em seu interior.

Embora esteja sendo produzido em novo design, o Honda City deverá ser mantido em suas medidas, dentro do atual padrão de fabricação, de modo que não se aproxime muito do modelo Honda Civic. O novo automóvel precisa causar impacto, porém, sem perder as suas principais características.

Veja também:  Kia Cerato 2020 - Novidades e Preço

Junto à mudança processada sobre o estilo, este novo sedã estará equipado de novos motores. A alternativa inicial será o motor 1.0 turbo, em três cilindros, que é o mesmo instalado no Honda Civic, produzido na Europa, o qual também estará presente na nova geração do modelo Fit.

Sobre a mecânica:

Este primeiro motor pode gerar desempenho de 128 CV e mais 20,4 KGFM de torque, de modo a trabalhar com um câmbio manual de seis marchas. Bem ao contrário do Honda Civic, que tem a alternativa de transmissão automática em nove marchas, o Honda City estará munido de um CVT em versão desprovida de embreagem.

Com relação à segunda alternativa, se trata de versão híbrida, a qual funciona por meio do conjunto anteriormente instalado no modelo Accord e, posteriormente, foi instalado no modelo Insight. Este é um motor composto em 1.5, aspirado e suplementado de uma dupla de motores elétricos.

Veja também:  Revisão de Carros Volkswagen - Novo Serviço de Agendamento Online

Apesar de toda essa gama de notícias, a integridade dos dados ainda não está totalmente revelada. Todo o aparato e o sistema ainda estão em testes. Alguns especialistas palpitam que seu desempenho estará abaixo do modelo Insight. Este mesmo tipo de mecânica será utilizado na nova geração do Honda Fit, cuja estreia poderá se dar no mês de setembro, no Japão.

Paulo Henrique dos Santos

Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.