Novo Renault Logan e Sandero 2020 ganham Reestilização





Modelos devem chegar no primeiro trimestre de 2019.

Todo relançamento de um automóvel de alta categoria, constitui um evento de proporção internacional. Entre as grandes empresas promovendo novos lançamentos, ou relançamentos, está a montadora francesa Renault.

Trata-se, neste artigo, de tocar de leve na nova estilização operada sobre os dois Renault mais recentes: o Logan e o Sandero. Ambos os veículos irão estrear no mercado brasileiro já neste primeiro semestre de 2019, conforme a informação avaliada por meio dos especialistas do site Autos Segredos.




Dado que o design desses automóveis nunca se tornou o ponto central dos modelos da companhia, com a entrada do Facelift esta situação dificilmente será alterada, de acordo com os modelos exibidos por meio das imagens das patentes do Instituto Nacional da Propriedade Industrial, ou INPI.

Todas as alterações operadas nesta linha 2020 são bastante discretas. Em sua parte dianteira, todos os modelos, seguindo o mesmo padrão na esteira de produção, receberão novo tipo de para-choque; de grade e de faróis, em conformidade com os moldes clássicos utilizados na nova estilização realizada nas unidades da Europa. Para a parte traseira deste novo Sandero foi estruturado um visual unicamente na sede brasileira da companhia, a qual está munida de lanternas que vazam para a tampa do porta-malas, em um estilo genial. Com relação à traseira estruturada para o modelo Logan, quase nada foi alterado.

Veja também:  Mitsubishi Eclipse Cross - Lançamento, Especificações

Com relação à sua estrutura mecânica, há uma novidade que poderá satisfazer os consumidores mais ávidos e com bom poder aquisitivo, devido à adoção do chamado câmbio automático de tipo CVT, o qual substitui, de modo preciso, o câmbio da geração anterior, muito desconfortável e automatizado por meio de uma embreagem tipo Easy'R.

Esta inédita transmissão deverá operar em conjunto com o seu motor de 1.6 SCe, que apresenta desempenho de 118CV -120CV de força e potência, respectivamente movido à gasolina e à etanol; atinge a escala de 16KGFM de torque tanto a gasolina quanto a etanol.

É importante deixar claro que os motores que equipam esta linha foram mantidos os mesmos da atualidade, por decisão dos projetistas e engenheiros, sendo motores que abrangem o 1.0 SCe – com desempenho de 79 CV – 82 CV, respectivamente à gasolina e à etanol e apresenta o desempenho de 10,2kgfm e 10,5kgfm, respectivamente à gasolina e à etanol, além do 2.0 com desempenho de 150CV e mais 20,9kgfm, tanto a gasolina quanto a etanol, embora este último recurso esteja disponível apenas no modelo Sandero RS.

Veja também:  Novo Renault Sandero 2020 - Preço e Novidades

Em realidade, estes dois automóveis foram projetados e desenvolvidos por meio dos engenheiros da sede romena, intitulada Dacia, que é uma marca pertencente ao grupo Renault. Portanto, o Hatch e o Sedã, que estrearam no mercado automobilístico brasileiro no ano de 2007, estavam dentro de uma proposta que visou oferecer uma eficiente relação de custo e benefício, munido de acabamento mais simples, embora dispondo de um amplo espaço interno.

A estreia do primeiro Facelift se deu no ano de 2011, entretanto, este modelo de veículo não produziu muito efeito, passando batido aos clientes, dado que as suas linhas ultrapassadas haviam sido mantidas. No ano de 2014, o novo Hatch e o Sedã estrearam em sua segunda geração, na qual foi aperfeiçoado o seu design exterior, porém, com aumento do seu custo e benefício.

Veja também:  Viagem de Carro - Cuidados e Dicas de Manutenção

Do mês de janeiro ao mês de novembro do ano passado, 2018, foram comercializadas 48.956 unidades da versão Sandero, tornando-se o 11º automóvel mais comercializado no Brasil, e mais 21.036 unidades da versão Logan, atingindo o 31º lugar em vendas no Brasil. Entretanto, ambos os veículos ainda apresentam as quedas sucessivas na comercialização dentro de seus próprios segmentos.

Paulo Henrique dos Santos



Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.