Volkswagen Jetta 250 TSI 2019 – Nova Versão de Entrada





Modelo deverá chegar às concessionárias custando cerca de R$ 100 mil.

Produzido desde 1979 (39 anos de vida) no mercado internacional e desde 1999 (19 anos atrás) no Brasil, o Volkswagen Jetta está em sua sétima geração. Esse ano a Volkswagen do Brasil decidiu introduzir uma versão de entrada com menos recursos e custando R$ 10 mil a menos que as versões mais completas.

As vendas do Sedan Médio da Volkswagen não vão bem, atualmente ficando atrás de outros Sedans médios como Toyota Corolla e Honda Civic no número de unidade vendidas.




Vendo o que está acontecendo, a Volks não ficou parada. Ela acaba de adotar uma estratégia de marketing para reduzir o preço do Jetta e concorrer com as outras montadoras: reduzir tecnologia e conforto com uma configuração mais básica para o modelo de entrada.

Ganhando o nome de “Jetta 250 TSI”, a versão mais barata parte de R$ 99.990, contra 109.990 do Comfortline. Mas quais foram os equipamentos que ficaram de fora da versão mais básica do Jetta? Vamos a eles:

Veja também:  Viagem de Carro - Cuidados e Dicas de Manutenção

  • Bancos de tecido – A versão mais básica contará agora com bancos em tecido.
  • Rodas com aro de 16 polegadas
  • Alto-falantes com 4 saídas – As versões mais caras têm 6 saídas
  • Sem câmera de ré – item que já está se tornando padrão dos dias de hoje fica de fora dessa versão mais básica. Porém, há sensores de estacionamento atrás e na frente
  • Também sem chave presencial e sem navegador GPS embutido

Outros itens que ficam de fora dessa versão mais básica são: volante com revestimento em couro, luz para os pés do motorista e o já famoso retrovisor interno antiofuscante.

Continua bem equipado

O Jetta na versão mais básica continua sendo o Jetta! Ele continua bem equipado. Vejamos os itens de série que ele continuará oferecendo:

  • Condicionador de ar digital com duas zonas – Ótimo para pessoas com diferentes gostos em temperatura, tendo a possibilidade de escolherem temperaturas diferentes para cada lado do carro.
  • Faróis de LED
  • Sensores de estacionamento dianteiros e traseiros
  • Seis Airbags
  • Controle de estabilidade
  • Central multimídia com uma tela de 20 centímetros de diagonal – Esta central multimídia tem conectividade com telefones celulares Android através do Android Auto e com celulares com iOS através do Apple CarPlay
  • Botão Start/Stop – Botão que dá a partida no carro sem ser necessário o acionamento do motor de arranque por uma chave física. Basta a presença da chave dentro do veículo
  • Freio de estacionamento eletrônico
  • Assistente de partidas em aclives
Veja também:  Mercedes-Benz EQC 2020 - Lançamento do Novo Carro Elétrico no Brasil

Motor

Referente ao conjunto, o motor é o mesmo das outras versões. Conta com um motor 1.4 turbo, com potência de 150 cavalos (112 quilowatts), complementado com câmbio automático de 6 velocidades.

Vendas em queda

O sedan médio da Volkswagen não está nos seus melhores dias quando o assunto é competição com os concorrentes.

Segundo informações da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), o Jetta teve 3.999 unidades vendidas ao total em 2018 até agora. Esse número é inferior às vendas do Toyota Corolla (que é o líder no seguimento) e a outros concorrentes como o Sedan médio da Honda, o Civic, o Sedan da Chevrolet que entrou no mercado há 7 anos, Chevrolet Cruze, entre outros.

Veja também:  Mudanças nas Leis de Trânsito - Simulador, Carga Horária e Exame para Moto

Preços das Versões

Os preços das versões do Jetta no Brasil serão esses:

  • 250 TSI (versão mais básica): R$ 99.990
  • Comfortline: R$ 109.990
  • R-line: R$ 119.990

Somente para efeito de comparação, a versão básica do Volkswagen Jetta 2019 nos Estados Unidos está custando US$ 20.690 (R$ 81.491).

Para informações completas sobre todas as versões do Sedan da Volkswagen, consulte as informações completas clicando aqui.

Origem do Nome

Muitas fontes indicam que o nome “Jetta” vem de “corrente de jato” do Atlântico (que são correntes de ar que circulam sobre todo o planeta). Durante um período, a Volkswagen dava nome aos seus veículos usando nomes de ventos e correntes proeminentes (por exemplo, o Volkswagen Passat, que vem da palavra alemã para ventos alísios), Volkswagen Bora também é um exemplo desse uso, já que existe o vento Bora, que são ventos que sopram no sul e no leste da Europa.

Por Bruno Rafael da Silva



Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.