Troca de Óleo do Carro – Cuidados e Dicas




Confira aqui algumas dicas para a hora de trocar o óleo do motor de seu carro.

Ter um carro é essencial nos dias de hoje. Ele ajuda muito na hora de realizar tarefas do dia a dia e não é mais considerado como supérfluo. Mas para um carro funcionar perfeitamente, ele precisa passar por algumas revisões e evitar possíveis problemas em sua funcionalidade. Uma das principais revisões feitas em um carro é a troca do óleo do motor do carro. É necessário seguir algumas dicas para não cometer erros nesse processo. É importante lembrar que não trocar o óleo do motor, pode trazer danos graves a essa área do carro.

Veja abaixo o que não fazer na hora de trocar o óleo do motor do seu carro.

1-Não use aditivos no motor do seu carro


Muitas pessoas que possuem carro acabam cometendo esse erro, que é de usar aditivos em seu motor. Essa prática só vai estragar o seu motor em pouco tempo, e ocasionar um gasto muito alto para reparar essa peça.

Veja também:  Mitsubishi Eclipse Cross 2019 - Características, Especificações

2-Não complete o nível de óleo do seu carro

Outro erro comum de muitos usuários de carro é a prática de completar o nível de óleo do carro. Muitas pessoas pensam que vão economizar dessa forma, isso é um grande engano. O ideal é fazer a troca total do óleo do motor, isso vai manter o bom funcionamento e desempenho do motor, mesmo que ele seja de um carro novo.


3-Não limpe a vareta com estopa

Essa é uma das dicas mais importantes para quem quer manter o motor em perfeito estado. Em hipótese alguma limpe a vareta com estopa. Essa prática só vai deixar fiapos de tecidos que só servem para contaminar o novo óleo e vai deixar resíduos de óleo antigo, estragando todo óleo novo.

4-Não ande com o carro se o nível de lubrificante estiver abaixo ou acima do nível indicado

Muitas vezes a pressa do dia a dia, faz com que o dono do carro cometa esse erro. Pois mesmo sabendo que o nível de lubrificante está errado, algumas pessoas ignoram e continuam usando o carro assim mesmo. Essa prática ajuda a desgastar os componentes do motor e faz com o ele diminua drasticamente sua potência. Além de aumentar as chances de fundir o motor. O que deve ficar claro nessa explicação é que o barato vai sair caro mais cedo ou mais tarde.

Veja também:  CRLVe - Documento do carro na versão digital

5-Não trocar o filtro do óleo

A maioria dos motoristas não ficam atentos a troca do filtro do óleo, e muitos só se lembram disso, quando o carro já está apresentando algum problema no motor ou quando algum mecânico sinaliza essa troca. Realizar a troca desse filtro é essencial, pois ele conserva em seu interior uma quantidade de óleo oxidado, e ele é o responsável por contaminar o lubrificante novo, com isso ele acelera o processo de envelhecimento. O ideal é sempre realizar as revisões do carro e aproveitar para trocar o filtro do óleo.

6-Trocar o óleo em postos de gasolina

Essa é uma prática muito comum e totalmente errada, já que esse serviço é feito pelos frentistas, que não aptos e nem preparados para esse tipo de serviço, e na maioria das vezes, o carro acaba apresentando problemas logo depois dessa troca. O ideal é levar em um local próprio para isso.

Veja também:  Toyota Hilux 2019 - Novidades, Especificações

7-Uso do botijão fechado indevidamente

Outra prática indevida é o fechamento do botijão de forma errada. Fazer isso pode trazer algumas consequências como vazamentos. A forma correta de fechar esse botijão é levar em um profissional especializado.

8-Pingar óleo no motor

Outra prática bem comum entre os motoristas, é a de pingar óleo no motor. Isso só vai trazer problemas como risco alto de danificar o motor e diminuição da lubrificação.

9-Não respeitar o prazo de troca do óleo do motor

Todo carro vem com seu manual do proprietário. Nele é possível ver a orientação para a troca do óleo, que normalmente é indicado a cada 5000 km ou 10000km. Não respeitar essa orientação pode trazer o desgaste rápido do motor.

10-Misturar lubrificantes

O proprietário de um carro pode até misturar lubrificantes em alguma ocasião de emergência, mas é necessário que eles contenham a mesma base. Dessa forma o motor do carro não sofrerá problemas.

Essas são as 10 dicas para não fazer na hora da troca do óleo do motor!

Escrito por Cristiane Amaral

Relacionados



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.