Carro por Assinatura – Como funciona, Vantagens e Desvantagens



O serviço de carro por assinatura está crescendo no Brasil e abrange diversas vantagens e desvantagens que precisam ser bem analisadas por quem pretende aderir a este modelo.

O serviço de carro por assinatura vem crescendo no Brasil e o que há alguns anos parecia ser algo sem futuro, hoje se mostra um negócio promissor, o problema é que muita gente ainda desconhece o serviço. Como tudo na vida, há vantagens e desvantagens nesse serviço, o importante é o consumidor entender bem como funciona para ver se é algo que atende o seu perfil.

Mas é tentadora a ideia de poder trocar de carro a cada dois anos, sem ter que se preocupar em como irá vendê-lo depois e muito menos com a manutenção do veículo.

Grandes montadoras no mundo todo estão investindo nessa ideia e, a princípio, o público-alvo são os jovens, já acostumados a assinar diversos serviços. A GM foi uma das primeiras grandes empresas a acreditar nessa ideia e lançou o Book by Cadillac, com vários modelos da marca sendo disponibilizados aos interessados. Claro que a GM faz uma verificação do histórico de quem está interessado, para saber se já cometeu muitas infrações.

Veja também:  Mercedes-Benz Classe A 2019 - Lançamento, Características

Quem está pensando em utilizar esse serviço precisa ter em mente que o primeiro passo é ler atentamente o contrato. Nada de se informar apenas com o que o vendedor diz, ou já ouviu falar. Cada empresa tem suas regras, exigências, então é preciso ficar a par de tudo que o contrato reza.



O serviço de carro por assinatura se parece muito com o aluguel de veículos, mas tem suas diferenças, não é totalmente igual. Uma das escolhas a ser feita é quanto ao modelo do carro, sendo que são oferecidos desde os modelos básicos até aqueles mais luxuosos, mas claro que o valor da assinatura também varia de acordo com a escolha feita.

Outro detalhe importante é que o contrato pode ter validade mínima e máxima, assim como a quilometragem. Quem viaja muito, não deve fazer um contrato que estipule um percurso mais curto, que logo essa distância será alcançada e aí será preciso pagar mais caro para continuar rodando. O valor pago para quem excede os limites é sempre mais caro.

Veja também:  FCA pretende lançar novo modelo de Picape em breve

Antes de contratar o serviço de carro por assinatura, é preciso fazer uma análise do seu estilo de vida e definir para que o carro será utilizado, então ficará fácil saber se vale a pena ter este gasto, ou se é melhor comprar um veículo. Não existe a melhor opção, cada pessoa tem suas próprias necessidades e o que é bom para um, nem sempre serve para o outro.

Entre as vantagens está a comodidade de não precisar se preocupar com pagamento de seguro, IPVA, a documentação está sempre em dia e nem com a manutenção preventiva é preciso ter dor de cabeça. A princípio, os gastos serão apenas com combustível e estacionamento. Mas nem tudo é simples assim, por exemplo, pode ser que o usuário precise pagar a franquia do seguro, pois somente parte dos prejuízos a terceiro é coberta pelas seguradoras, então nada de abusar no trânsito.

Veja também:  Fatores que tornam a multa por radar irregular e passível de ser cancelada

Outro problema que acaba afastando muita gente do serviço de carro por assinatura é que as mensalidades sempre passam de mil reais e em alguns casos passam de cinco mil reais, dependendo do modelo escolhido.

As empresas que oferecem esse tipo de serviço argumentam que são grandes as vantagens e lembram que um carro novo desvaloriza cerca de 30% só nos dois primeiros anos, mas isso não é bem assim, por exemplo, para alguns a compra de um seminovo pode ser bem mais vantajosa.

Outro detalhe que precisa ser analisado é que algumas empresas oferecem bônus para quem utiliza o serviço e no final devolve o veículo em ótimo estado de conservação. Então vale a pena ficar atento ao óleo, calibrar os pneus semanalmente, olhar a água e tudo mais para que a manutenção do carro fique sempre em dia, além de tomar cuidado para não arranhar a pintura e muito menos se envolver em colisões.

Por Russel

Carro por assinatura




Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.