Conversão para GNV – O que é, Como Fazer





O GNV é o Gás Natural Veicular usado em veículos com o objetivo de economia e praticidade. Confira as vantagens e desvantagens desse método de combustível.

Primeiramente é necessário que se saiba o que é o Gás Natural Veicular que é conhecido pela sigla GNV, talvez para que não tenha que pronunciar esse nome tão grande quando for falar, então o próprio nome já diz, que são aqueles carros que usam como método de combustível o gás, que é mantido em cilindros. Para quem ainda não teve contato com nenhum veículo do tipo, o gás é instalado na parte do porta-malas do carro, ocupando um espaço muito grande dependendo de quantos litros tem o porta-malas.

Vale a pena usar o GNV?

Essa história de valer a pena ou não é bem relativa, por exemplo, alguns acham que usar o GNV é totalmente bom e super redutor de custos, já algumas pessoas que resolveram se aprofundar no assunto sabem que não é bem assim, entenda por que abaixo.


Quem apoia: Alegam que o seu carro se tornará muito mais econômico, o que não deixa de ser fato, pois segundo estudos o gás pode economizar cerca de 60% tanto o combustível quanto o dinheiro de reabastecimento, e alguns ainda dizem sobre o desempenho que pode ser melhor do que com combustíveis como álcool e gasolina.

Veja também:  Renault Arkana 2019 - Lançamento, Novidades

Quem discorda: Segundo alguns estudos feitos, apesar da economia ainda há alguns itens que não vão tão bem ao ter um carro que usa sistema GNV, por exemplo, usando o gás, a parte elétrica do carro é bem mais usada, ou seja, a durabilidade dessas peças acaba diminuindo relativamente devido a toda essa exigência, tendo assim mais manutenção e, consequentemente, o custo aumenta.

Mais uma coisa que preocupa essas pessoas é o fato do cabeçote ter também uma durabilidade maior, isso é tão preocupante, pois em questão de tamanho ele chega a ser metade do motor, e o problema que atingirá seria a famosa "trinca de cabeçote" que para ser reparada sai com um custo bem alto.


Conclusão: Nenhuma das partes estão erradas, ambas se baseiam em fatos, tanto de economia quanto de gastos feitos no carro, ou seja, basta você observar o que é dito e tirar suas próprias conclusões em aderir ou não o sistema.

Veja também:  Mercedes-AMG GLC 63 - Novidades, Lançamento no Brasil

Quanto custa e como fazer?

O valor será estimado dependendo da geração que você for comprar, por exemplo, se você deseja comprar a geração 1 do gás natural veicular o valor obviamente saíra bem mais em conta, mas fazendo o orçamento da geração 5 estima-se que o valor sairá em média R$3.990,00. E para saber qual o tempo para a instalação, é em cerca de um ou dois dias, lembrando que isso vai variar da oficina que você escolher para fazer o serviço, sendo assim, procure saber com pessoas que já possuem o sistema, onde colocaram, e se realmente o serviço foi bom, pois como é um sistema que necessita de uma boa especialização, não são todos os lugares que fazem isso com toda a habilidade possível, podendo trazer futuros problemas no veículo.

Informações úteis e interessantes

Como todos sabem a gasolina e o álcool são muito poluentes, quando você encontra um carro movido a gás a poluição é menor, não muito, mas, por exemplo, em relação com a gasolina a poluição chega a ser 20% mais baixa, e com o álcool 15% inferior também, pode parecer pouco, mas qualquer coisa que pudermos fazer em prol da natureza ajuda muito, ainda mais na situação atual em que o planeta está.

Veja também:  Dia do Cliente - Histórico, Quando é Comemorado

Falando sobre garantia, por mexer em várias partes do carro, a empresa responsável por seu veículo não se responsabilizará mais por nada após adicionado o GNV, ou seja, você perde a garantia.

Por Gustavo Martins

GNV



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.