Como Pagar o IPVA Atrasado



Saiba como proceder para pagar o IPVA atrasado.

O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) é um tributo que os donos de veículos têm que pagar uma vez por ano para a Secretaria da Fazenda do seu estado. O valor dessa taxa consiste em uma porcentagem da venda do automóvel, levando em consideração a tabela Fipe. O pagamento deve ser realizado no começo do ano, parcelado ou à vista, o que lhe dá direito a desconto.

Contudo, nem sempre os cidadãos conseguem pagar o imposto em dia, e isso pode gerar uma série de consequências, como a apreensão do veículo em uma blitz. Para evitar essa situação, é preciso manter o pagamento em dia.

Confira abaixo como proceder para pagar IPVA atrasado!

1. Procure a Secretaria da Fazenda

Se o IPVA do seu carro está atrasado, a primeira coisa a se fazer é procurar a Secretaria da Fazenda da sua região. É necessário apresentar os documentos originais do automóvel e se identificar junto a um atendente do órgão. Se você não é o proprietário do veículo, é preciso ter uma procuração que lhe autorize a fazer essa ação.



Veja também:  Mitsubishi Outlander 2019 - Lançamento do modelo híbrido no Brasil

Além disso, também é imprescindível levar o Cerificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e os seus documentos pessoais originais, como RG e CPF para negociar o pagamento da dívida atrasada.

2. Negocie o pagamento do IPVA

Ao conversar com um atendente, você pode se informar sobre todas as opções e condições de débito do IPVA. Ainda no balcão, é possível ter acesso às propostas de pagamento que estão disponíveis para o seu caso.

Antes de aceitar qualquer proposta é importante analisar muito bem cada uma delas e certificar-se de que você realmente terá condições de pagar aquela que escolher. Afinal, se fechar um acordo e não conseguir arcar com as parcelas, a tendências é que a dívida vire uma bola de neve.

Veja também:  Recall Ford Ranger 2005 e 2006 - Problemas nos Airbags

3. Concorde com a proposta de parcelamento

Recebeu uma proposta de parcelamento do IPVA que vale a pena e que cabe no seu bolso? Então, é o momento de concordar com a ofertada do atendente. Dessa maneira, o boleto do pagamento poderá ser gerado na mesma hora.

No documento a ser pago, você encontrará informações como o valor e o prazo para pagar as faturas. Não se esqueça de conferir se todos os dados dos boletos estão corretos para evitar transtornos futuros.

4. Faça o pagamento do IPVA

Para regularizar a situação do seu veículo, você deve arcar com o pagamento dos boletos, seguindo à risca o prazo de vencimento. A partir do momento em que você paga a primeira parcela da dívida obtém um comprovante original que impede que o carro seja apreendido caso caia em uma blitz.

Como evitar o atraso do pagamento do IPVA

O valor total do imposto é calculado com base no ano, modelo e município em que o automóvel foi registrado, o que faz com que uma parte da taxa arrecadada seja destinada para a cidade. Para evitar atrasos no pagamento do IPVA dos próximos anos, o mais apropriado é elaborar um planejamento financeiro pessoal.

Veja também:  Regulamentação Mínima para Recarga de Veículos Elétricos no Brasil

Portanto, antecipe-se ao imposto, pegue papel e caneta e anote qual o valor e a data de vencimento do IPVA. O ideal é pagar antes mesmo do prazo final. Para que o pagamento dessa taxa não pese no seu orçamento no início do ano, é recomendado ficar atento e aproveitar os benefícios oferecidos pelo governo, visto que é comum haver condições especiais para quitação à vista.

Com essa dica simples, você consegue manter o imposto do seu carro em dia e pode circular tranquilamente, sem medo de estar fora da lei e ser multado.

Por Simone Leal

IPVA




Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.