Recall Toyota Corolla – Problemas no Câmbio e Airbag





Cerca de 120 mil unidades do veículo podem ter sido atingidas pelos problemas.

Quando compramos um carro novo sabemos que por alguns anos estaremos livres de problemas sérios bem comuns dos carros com mais rodagem. Porém, pode acontecer e tem acontecido bastante de alguns modelos de carros de várias marcas serem convocados para recalls.

Para quem ainda não conhece o termo, o recall é uma convocação que as concessionárias fazem de um determinado modelo de carro que pertence a uma série de fabricação e que já saiu da fábrica com um defeito, que pode ser simples ou grave, mas que precisa ser reparado.


Dessa vez quem anuncia um novo recall é a Toyota. Segundo a marca, os seus modelos Corolla e Corolla GLi 1.8 apresentam duas falhas, uma considerada bastante grave e outra nem tanto, mas ambas devem ser reparadas nos próximos dias.

De acordo com a marca de carros, serão quase 120 mil unidades a serem reparadas e a previsão é de que as concessionárias da marca, a partir do próximo dia 16 do mês de abril, já comecem a realizar os reparos. Os modelos envolvidos no recall são de fabricação no ano de 2013 até o ano de 2017.

Veja também:  Carros mais vendidos em Julho de 2018

A Toyota disponibilizou aos proprietários do modelo Corolla um telefone para agendamento e esclarecimento de dúvidas em relação a questão. Para isso basta telefonar para o número 0800-7030206. A ligação é gratuita, assim como os reparos a serem realizados nos veículos.


Ainda não existe a informação de quanto tempo levará para o reparo ser realizado, afinal, são dois recalls. Mas os proprietários desses modelos receberão todas as informações necessárias ao telefonarem para o SAC disponibilizado.

Segundo informou a Toyota nesta última terça-feira, dia 3 do mês de abril, um dos problemas está localizado no airbag do passageiro e já é chamado de “airbags mortais”, um nome bastante pesado, mas que consegue traduzir bem a gravidade da situação. O perigo está no fato de que em caso de algum acidente que leve ao acionamento do acessório, este por uma falha em seu insuflador pode chegar a estourar, lançando em grande velocidade destroços que são capazes de ferir gravemente e até mesmo matar os ocupantes do veículo. No total serão 53.635 unidades que terão os airbags substituídos.

Veja também:  Ford Ka 2019 - Ficha Técnica, Versões e Preços

Felizmente no Brasil nenhum acidente nesse sentido foi registrado, contudo, no exterior já se contabilizam 22 mortes em razão deste problema.

O segundo recall, já não é tão grave, porém, pode colocar o motorista e seus ocupantes em situações também delicadas. Este defeito está no câmbio CVT que relaciona-se ao controle da transmissão do veículo. Desse modo, a falha se configura em um alerta mandado ao painel de instrumentos. O sistema detecta uma falha que não existe e envia um alerta ao painel que como um mecanismo de defesa automaticamente limita a velocidade do veículo em até 60 km por hora, sem que exista a necessidade dessa limitação, que embora não coloque diretamente os ocupantes do veículo em risco de vida, também é um importunio, considerando o fato de uma redução de velocidade inesperada em rodovias que o fluxo de carros a uma velocidade mais alta é comum, podendo ocasionar até mesmo colisões. Os modelos envolvidos nesse recall são os Corola GLi 1.8, cujo ano de fabricação é de 2013 a 2017. No total serão 65.963 unidades a serem reparadas.

Veja também:  Nova Chevrolet Trailblazer 2019 - Preço e Novidades

Não é primeira vez que a Toyota anuncia um recall por problemas no airbag. Aliás, desde o ano de 2013 essa é a sétima vez que o problema é encontrado.

Nesse sentido, se você possui um Corolla cujo ano de fabricação foi de 2013 a 2017, não deixe de se informar se seu veículo está entre as unidades que precisam ser reparadas. Ligue para o número informado e saiba mais.

Sirlene Montes



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.