Como Fazer para o Carro ter um Valor Maior de Revenda



  

Confira algumas dicas do que fazer para o seu carro usado ter um valor maior de revenda.

Você tem um carro usado e precisa vendê-lo? Continue lendo este artigo, confira abaixo algumas dicas sobre o que fazer para que o seu carro possua um valor maior de revenda.

Geralmente, quando um carro usado é vendido a uma concessionária, esta usa de todos os argumentos para comprá-lo pelo preço mais baixo possível, o que não é nenhuma vantagem. Porém, há lojas revendedoras e concessionárias que aceitam expor os carros e quando conseguem vendê-los têm direito a uma porcentagem do valor vendido, o que pode significar uma boa oportunidade. Porém, o carro, para ser vendido a um bom preço, precisa apresentar um bom estado.

Para isso, procure mantê-lo com suas peças originais, isso irá valorizá-lo, pois quando as peças são substituídas elas já não possuem a qualidade daquelas que saem com ele da fabricação, geralmente são inferiores.

Se o carro original possui logotipo e frisos o ideal é que eles sejam mantidos, uma vez que muitas vezes quem compra um carro usado está sempre atento a esses detalhes que fazem a diferença, deixando a impressão de que o carro foi bem cuidado e conservado.

Veja também:  Espelhamento do Waze para iPhone na Central Multimídia Ford

Ao mesmo tempo em que as peças originais e detalhes do veículo não devem ser removidos, acrescentar outros itens como ar-condicionado e teto solar podem valorizá-lo, pois tornam o veículo com um estilo mais antigo com uma tecnologia que oferece mais conforto aos seus ocupantes.

Manter o automóvel limpo embora pareça muito simples é muito importante, pois quem for dar aquela olhadinha ao encontrar um carro limpo, cheiroso, ficará mais animado para realizar a compra. Estofados com manchas, rasgados e um cheiro desagradável pode acabar espantando os possíveis compradores.

Fique atento também quanto ao estado dos bancos de couro e do volante quando também possui esse revestimento. Não há nada mais feio que aquele descascado. O carro não precisa ser do ano, mas sendo bem cuidado já atrai o interesse das pessoas. Conservar é importantíssimo.

Além de manter o carro limpo, bem cuidado a questão que mais importa é a apresentação de um histórico sobre as manutenções e possíveis trocas pelas quais ele já tenha passado. Quando for trocar o pneu, guarde a nota, o mesmo para as pastilhas e o que mais for necessário. Isso vai significar que o dono se importa e está por dentro do estado geral de seu carro. Já o comprador vai ter uma noção maior sobre o estado do veículo quando tem acesso a essas informações.

Veja também:  Novo Kia KX3 2018 - Preço e Lançamento do SUV no Brasil



Para se manter organizado, se o carro possuir ainda o manual procure mantê-lo atualizado, anotando as revisões, manutenções, trocas de óleo, pois são informações que o novo dono vai gostar de receber e dará sequência. Sem falar da chave reserva que é também um item imprescindível.

Quem compra um carro deve ter consciência que até mesmo a sua cor fará a diferença em caso de um dia querer vendê-lo. Os carros pretos, brancos e pratas são mais vendidos e, por isso, serão comprados por um preço melhor, quando a venda for para uma concessionária. Os coloridos têm menos saída e, por isso, o valor oferecido por eles é menor.

Estar com os documentos do veículo em situação regular é de muita importância. Assim, a transferência é feita de forma mais rápida. Quando o comprador descobre que o carro possui multas sem pagar e a documentação irregular, é bem provável que ele desconsidere a compra.

Veja também:  Percentual de Etanol na Gasolina pode Subir

Se você customizou seu carro com adesivos, faróis de xenônio e até mesmo fez alguns engates, antes de colocá-lo para a venda é melhor removê-los, pois há compradores que justamente por esses detalhes não irão fechar a compra.

Caso o carro possua a necessidade de passar por alguns reparos, não mande fazer por conta própria. É melhor entrar em acordo com o comprador, pois há quem não goste que a pintura original seja alterada e há oficinas especializadas em reparos que mantêm esse aspecto original da pintura. Há quem diga que um carro ainda que em perfeitas condições, mas que tenha passado por reparos em sua pintura, perde o seu valor.

Nesse sentido, se você pretende vender seu carro, cuide dele. Olhe para ele e veja se no estado em que ele se encontra você se interessaria em comprá-lo. Siga essas dicas e o resultado será positivo.

Por Sirlene Montes

Carros usados






Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.