Carros com Maior Desvalorização em 2017



Confira aqui a lista com os 10 carros que tiveram a maior desvalorização em 2017.

Realizar o seu desejo de comprar o carro dos seus sonhos novinho em folha é muito satisfatório. Porém, se mais tarde você enjoar do veículo ou quiser vendê-lo por outro motivo, terá que lidar com a desvalorização. Afinal de contas, qualquer automóvel já começa a perder o seu valor inicial assim que sai da loja.

Quanto mais velho e mais usado for o carro, consequentemente menor será o seu valor no mercado quando o seu dono quiser repassá-lo para outra pessoa. Por isso, antes de comprar o seu próximo automóvel é bom ficar atento ao índice de desvalorização de cada modelo e marca.



Descubra abaixo quais são os carros que possuem uma desvalorização absurda no Brasil!

1.JAC J3 Turin

Em primeiro lugar como carro que mais perde valor no mercado, está o JAC J3 Turin, apresentando uma desvalorização de 21,1%. O carro da montadora chinesa tem design sedan, sendo compacto, com quatro portas e tem motor 1.4. Quando novo, o preço do veículo gira em torno de R$ 40.000,00, após um ou dois anos de uso, o seu valor atinge aproximadamente R$ 20.000,00.

Veja também:  Manutenção dos Freios do Carro - Dicas e Cuidados


2. Hyundai Elantra

Com um estilo moderno, com bastante espaço interno e confortável, o Hyndai Elantra ocupa a segunda colocação entre os carros que mais se desvalorizam após a compra, com um índice de 20,3%. O automóvel tem motor com instalação dianteira, disposição transversal, 4 cilindros em linha, taxa de compressão de 12,1:1 e cilindrada 1999 cv. O preço do veículo beira os R$ 100.000,00, na desvalorização custa em média R$ 50.000,00.

3.Citroën C4 Lounge

O Citroën C4 Lounge tem uma desvalorização de 20,1%. O seu porte é médio, o design é moderno, oferecendo conforto a partir da sua configuração sedan, ar-condicionado. O motor tem 8,67 cv de potência, freios ABS, alerta de ponto cego, entre outros equipamentos de segurança. Este carro custa R$ 99.000,00 zero Km e em torno de 51.000,00 depois de dois anos de uso.

Veja também:  Recall Chevrolet Tracker - Problema na Suspensão

4. Chevrolet Cobalt

A desvalorização do Chevrolet Cobalt é de 19,1%. Esse veículo novo é vendido por R$ 71.000,00, após rodar por um ano, o seu valor cai para R$ 56.000,00. O veículo tem um porte compacto, pode comportar até cinco pessoas por viagem, é quatro portas e é equipado com um motor de 10,17 cv.

5. Chery Celer Sedan

O Chery Celer Sedan da fabricante japonese é vendido por R$ 40.000,00 zero Km e custa aproximadamente R$ 36.000,00, com a desvalorização de 18,9%, que acontece após um ano da sua compra. O carro conta com um motor de 10,71 cv, é compacto, tem quatro portas, tem quatro válvulas por cilindro, faróis de neblina, sensores de estacionamento traseiro, faróis com refletores duplos, banco traseiro rebatível e direção assistida.

6. Citroën Aircross

O índice desvalorização do Citroën Aircross é de 18,6%, o que faz com que o seu valor de mercado seja de R$ 76.000,00 zero Km e chegue a R$ 68.000,00 após um ano de uso. O carro tem um design e configuração de minivan, com motor de 11,25 cv de potência, tuchos hidráulicos, é compacto e tem quatro portas, freios com discos ventilados, porta-malas de 403 litros, alarme antifurto perimétrico, câmera traseira para manobras, travamento central das portas, câmbio automático e troca de marchas no volante.

Veja também:  Aumento nos Preços do Fiat Strada, Toro e Fiorino

Por que considerar a desvalorização do carro

Se você é do tipo que gosta de trocar de carro periodicamente, é importante considerar a desvalorização do veículo antes de comprá-lo, pois se escolher um modelo que se deprecia rapidamente, consequentemente você terá dificuldades para revendê-lo posteriormente. No entanto, se a sua intenção é comprar um carro seminovo, pode-se acompanhar o índice de desvalorização do veículo do seu interesse para saber qual é o melhor momento para compra-lo.

Simone Leal

Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.