CNH será Modernizada e terá Mudanças

  

Nova CNH será como cartão eletrônico, armazenando diversos dados do motorista.

A CNH (Carteira Nacional de Habilitação) Brasileira será mais moderna e mais simples. O Governo Federal anunciou as mudanças, válidas para Janeiro de 2019, passando a adotar chip, e abandonando o papel, passando a confeccionar a CNH de modo semelhante aos cartões de crédito, usando o plástico como matéria-prima.

A intenção do Governo Federal é modernizar o documento, evitando fraudes e adaptando a nova realidade da tecnologia. As informações dos motoristas serão gravadas no chip inserido, possibilitando que a estrutura da CNH seja usada para outras informações mais relevantes.

Esta é mais uma mudança recente no formato da CNH. Há pouco tempo, o Governo adotou medidas como novo visual, marcas d´água e outros itens de segurança, visando à redução das fraudes. Além destas mudanças, um qr-code foi implementado para a checagem de dados. A implementação da carteira com chip veio após uma recomendação da Universidade de Brasília, comprovando que a implementação do chip reforça a segurança do documento.

Veja também:  Honda WR-V 2018 - Versões, Preço, Novidades

Ainda, de acordo com as informações divulgadas pelo Governo, a CNH também será usada pelos motoristas para a realização dos pagamentos de pedágio (quando se achar necessário), transporte público, utilizando a identificação por sistema biométrico. Essa informação da biometria do usuário com o chip implementado será usado para a combinação das informações. Os atuais motoristas não precisam realizar a solicitação do documento, já que na renovação da carteira de habilitação, a nova CNH será emitida. Não foram divulgados valores, porém, os Estados terão até Janeiro de 2019 para se adequar às novidades.

No topo da nova CNH, haverá a inscrição “República Federativa do Brasil” e logo abaixo a inserção do Ministério das Cidades, combinado ao Departamento Nacional de Trânsito e Carteira Nacional de Habilitação em português, inglês e espanhol. O sobrenome vem antes do nome e deve estar inserido, a data de nascimento, bem como o local, a data de emissão e o órgão emissor. Abaixo estará a validade, o CPF (Cadastro de Pessoa Física) do motorista, o Número de Registro e também o RG (Registro Geral) do motorista. Complementando a parte frontal da nova carteira, estará a foto do proprietário da CNH bem como a sua assinatura. A última informação será a categoria. Na traseira, observações, informações e registros complementares devem estar presentes, com a inscrição da validade em todo o território nacional.

Veja também:  JAC T40 2018 - Preço, Ficha Técnica e Novidades

De acordo com o Governo Federal, esta nova CNH deve se integrar a outros países, com destaque aos de língua inglesa como Estados Unidos, e aos países de língua espanhola, como é o caso das nações do Mercosul, bem como outras que utilizam o espanhol como idioma padrão.




A Câmara dos Deputados aprovou, nos últimos dias, uma proposta, concedendo uma CNH especial aos motoristas que possuem veículos com câmbio automático. Segundo o texto, estes motoristas só poderão dirigir os veículos com câmbio automático.

A CNH no Brasil pode ser requerida por Brasileiros maiores de 18 anos e que tenham sido aprovados nos testes de direção. É o documento de identificação do motorista, que deve ser renovado de tempos em tempos. Atualmente, o motorista deve cumprir o requisito mínimo, que nos 12 meses da validade da carteira, não pode cometer nenhuma infração grave, ou gravíssima, ou não cometer mais de uma infração média.

Veja também:  Chevrolet Prisma 2018 - Especificações, Preços

Segundo informações obtidas através do DETRAN, os motoristas que registrarem infração grave ou gravíssima, ou mais de uma média, precisam refazer o processo de habilitação para conquistar a licença.

A atual CNH é bastante arcaica e de fácil falsificação. Nela, os dizeres “Carteira Nacional de Habilitação” está descrita apenas em português, contendo o nome do portador, documento de identidade e órgão emissor, CPF, data de nascimento, nome do pai e da mãe, categoria da CNH e outros.

Por Leandrinho de Souza

CNH






Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.