Tipos de Câmbio de Carros

  

Existem no mercado os seguintes tipos de câmbio: manual, automatizado, automatizado de dupla embreagem, automático e CVT.

O carro sempre mexeu com imaginário dos seres humanos. Desde sua invenção, até os dias de hoje, ele tem sido peça fundamental no cotidiano da humanidade.

Independente de ser um produto capaz de aumentar o status ou fundamental para o trabalho, a verdade é que ele está ali, fazendo parte do dia a dia da sociedade. A evolução do carro tem sido cada vez mais fantástica. Todos os anos são lançados novos modelos no mercado. Uns mais velozes, outros mais lentos; uns mais luxuosos, outros bem modestos. Enfim, existem modelos para todos os gostos.

Os veículos são algo tão sério que as fábricas possuem um setor apenas para trabalhar com desenvolvimento de novas funcionalidades e promovendo maior comodidade ao condutor. Já faz algum tempo que as fábricas criaram o câmbio automático. Contudo, nos últimos anos é que ele vem se popularizando e caindo de vez nas graças do consumidor. Se até pouco tempo atrás a preferência era pelo câmbio manual, hoje esta história já está mudando. Até mesmo uma grande parte dos motoristas “tradicionais” já está mudando sua opinião e se rendendo ao câmbio automático. O que poucos sabem é que este necessita de cuidados essenciais para manter o seu bom funcionamento.

Veja também:  Transferência de Multa ao Infrator

TIPOS DE CÂMBIOS EXISTENTES E SUAS VANTAGENS

Atualmente, existem no mercado os seguintes tipos de câmbio: manual (também conhecido como mecânico), automatizado, automatizado de dupla embreagem, automático e o CVT (Transmissão Continuamente Variável). Cada um deles possui particularidades, vantagens e desvantagens. Saber escolher o melhor para o seu estilo pode ser o diferencial.

Câmbio Manual

Ainda é o tipo mais utilizado no mercado nacional. A troca de marchas é realizada manualmente, tendo o condutor controle total na hora de mudar de uma marcha para outra. Este sistema pode apresentar inúmeros defeitos a longo prazo. Uma das desvantagens deste modelo de transmissão são as constantes “morridas” do carro, os trancos oriundos de trocas de marcha na hora errada e as famosas “arranhadas”, que ocorrem quando o motorista erra a marcha ou o tempo de passá-la.

Veja também:  Carros Mais Vendidos no Brasil - Outubro 2017

Câmbio Automatizado

Neste modelo as trocas de marcha são determinadas por um sistema eletrônico que aciona o sistema de embreagem e faz as trocas de marcha, de acordo com a evolução ou involução do veículo. Este tipo de veículo possui uma manutenção mais cara e qualquer problema que ocorra com o mesmo só poderá ser resolvido por mão de obra especializada neste tipo de câmbio.

Câmbio Automatizado de dupla embreagem




Este câmbio trabalha, com próprio nome já diz, de forma automática e com duas embreagens. A primeira é responsável por passar as marchas ímpares. Já a segunda, fica responsável por trocar as pares. Este possui uma velocidade bem maior na hora de trocar as marchas, o que ajuda a diminuir o consumo de combustível. Favorecendo diretamente com a economia do motorista. Entretanto, sua manutenção é bem mais cara do que a dos carros com câmbio manual.

Câmbio Automático

Como o próprio nome sugere, este tipo de engrenagem faz a troca de marchas de forma automática. Um dos problemas deste sistema é a lentidão na hora do carro trocar de marcha. Outra coisa ruim, que pesa diretamente no bolso do consumidor, é o fato de ser mais cara, necessitar mais de manutenção. Entretanto, é um modelo mais duradouro e com consumo inteligente, pois diminui o gasto com combustível e ainda pode diminuir os gastos do motorista a longo prazo.

Veja também:  Suzuki Jimny 2018 - Novidades, Versões e Preços

Câmbio CVT

Este câmbio tem a caixa de variação contínua, o que possibilita o aproveitamento máximo do motor. Carros com este câmbio possuem melhor desempenho do que os demais, além de diminuir o consumo de combustível. O problema é que necessita trocar o filtro regularmente e o veículo fica com o custo bem mais alto do que os demais.

Como visto, cada modelo possui particularidades diferentes. Mas, todos possuem algo incomum: cuidado e manutenção preventiva. Tomando estas medidas é possível ficar descansado e aproveitar ao máximo o seu veículo.

Por Juanito Carvalho

Câmbio automático






Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.