Professores podem ganhar Desconto na Compra de Carros

  

Senado estuda proposta que pode dar 30% de desconto para professores que desejam comprar um carro.

Em meio há tantas notícias deprimentes que expõe a realidade do Brasil de maneira nua e crua, eis que surge uma novidade muito boa, especialmente para os professores. Nesse segundo semestre de 2017, começaram a surgir sugestões para que professores contassem com pelo menos algum benefício que valesse a pena tamanha dedicação à profissão. Dessa forma, o Senado promete discutir uma das sugestões de forma legislativa que pode facilitar a compra de automóveis por professores. O objetivo é dar um desconto de até 30% do valor do carro adquirido.

A sugestão está no portal eletrônico e-Cidania e está acontecendo uma votação, que já possui mais de 25 mil assinaturas, aproximadamente.

O autor da sugestão é o senador Cidinho Santos, do PR-MT, e ela tramita no Senado com o número 41/2017.

Veja também:  Chevrolet Equinox - Lançamento, Preços

Com essas assinaturas, a sugestão segue para o Senado, onde será votada. Desse modo, a primeira etapa para que essa sugestão possa realmente tornar-se um projeto de lei já está acontecendo. Caso o projeto de lei siga em frente e não seja arquivado, há outros passos a serem tomados para a conclusão da lei. Dessa forma, será preciso que o projeto de lei seja aprovado por várias comissões especiais como votação na câmera dos deputados e, por fim, deve ser sancionada pelo presidente da república Michel Temer.

Valdira Vieira foi a cidadã responsável por começar todo esse processo. Ela enviou a sugestão no início desse ano. Suas justificativas para a criação dessa lei possuem dois fundamentos muito sérios que são os seguintes: segundo Valdira, os professores precisam deslocar-se a grandes distâncias para chegar ao local de trabalho e os salários baixos demais impedem que possam realizar a compra de um carro para reduzir o tempo do trajeto.

Veja também:  Renault Sandero Stepway 2018 - Novidades, Ficha Técnica



A sugestão original também englobava os policiais civis e militares. Contudo, parece que a sugestão passou por modificações posteriormente à sugestão. As justificativas para que o projeto de lei beneficiasse também os militares era de que com a posse do carro, eles evitariam usar o transporte público e, dessa forma, não correriam o perigo de serem identificados e agredidos por bandidos.

Nos dias de hoje, a lei que garante descontos sob o valor do carro beneficia apenas alguns grupos da sociedade, como os portadores de deficiências físicas e também os taxistas.

Além disso, os taxistas contam ainda com a isenção de IPI e o grupo PCD ( Portadores de Deficiência Física), também são isentos de pagar o IPI, além do IPVA e IOF. No entanto, esses acordos que garantem tais benefícios de isenção são válidos apenas para carros cujo valor chega no máximo a R$ 70.000.

A sugestão, até agora, teve muitos apoiantes. Não é novidade para ninguém que no Brasil os professores são muito desvalorizados, tanto pelos governantes quanto pela sociedade em geral. A profissão possui características marcantes, pois os professores se comparados com outros profissionais, possuem um dos salários mais baixos, o que é, inegavelmente, injusto, tendo em vista a importância que os professores têm na sociedade. Como se já não bastasse, contam com uma jornada de trabalho longa e bastante cansativa, isso porque às vezes a quantia que o profissional ganha é insuficiente e, para conseguir pagar todas as suas contas em dia, precisa trabalhar em mais de um lugar e no trajeto de volta a sua casa, ainda precisa enfrentar os transportes coletivos que são ainda mais lentos devido ao trânsito. Em casa, além das tarefas cotidianas, precisam estudar e preparar a aula para o outo dia.

Veja também:  Ficha Técnica do Volkswagen SpaceFox 2018

Ana Paula Oliveira Coimbra






Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.