Como Conservar a Pintura do Carro



Preservar a pintura do carro é mais do que simples prazer pela estética, é também valorização de um patrimônio, pensando em um bom negócio futuro. Confira algumas dicas super interessantes de como conservar a pintura do carro.

Que a maioria dos brasileiros é apaixonada por carro já sabemos, e não é de hoje! Muitos empregam horas e horas de seu tempo para deixar o “possante” sempre em dia. Muito deste cuidado se dá na conservação da pintura. O que alguns não sabem é que não se faz necessário ficar obcecado com os cuidados, pois existem dicas simples, que sendo seguidas, poderão manter a pintura mais lisa, sem riscos ou opacidade.

Simples procedimentos com excelentes resultados

Certamente a qualidade da pintura é um dos fatores que mais chamam a atenção no automóvel. Tal questão pode ser interessante se ela estiver bem conservada, ou muito desinteressante em caso de má conservação.

Basta colocar um veículo de mesmo modelo, ano e cor, com a pintura rota, desgastada, opaca e com marcas, ao lado de um que esteja com a pintura em dia, que teremos então uma comparação bastante depreciativa, principalmente no momento de uma troca ou venda.

Em termos de consideração de valores, uma pintura geral no carro, dificilmente será vantajosa considerando-se custo e benefício, portanto o cuidado prévio sempre será melhor do que a manutenção corretiva.

Veja também:  Cuidados com a Troca de Rodas por Outra Maior

Um dos itens que desvaloriza “sobremaneira” o valor venal do veículo, sem dúvida alguma é a má conservação da lataria. Sendo assim, o cuidado com a pintura é mais do que simples prazer pela estética, mas também valorização de um patrimônio, pensando em um bom negócio futuro.

10 dicas para uma pintura conservada

Algumas dicas simples são muito úteis para manter a pintura do carro com aspecto de nova, dentre elas as 10 principais podem ser evidenciadas:

1. Evite a exposição prolongada ao sol ou a muito calor

A principal causa de desgaste na pintura do veículo é a exposição demasiada ao sol, assim como o calor. Os raios UV lançados à lataria acabam por tirar o brilho da tinta, deixando a pintura opaca. Para os carros escuros, pretos principalmente, tal fator é de maior intensidade, pois eles absorvem muito mais calor. A dica de ouro é deixar o carro sempre que possível, em locais cobertos.

2. Utilize capa protetora

Em caso de não disponibilizar de garagem, uma boa opção será a capa protetora, a qual não substitui a garagem, porém ainda assim é recomendada. A capa fará um efeito contrário ao da proteção se o veículo estiver exposto ao sol, pois ocorrerá um efeito tipo “estufa”, sendo mais danoso ainda ao veículo.

Veja também:  Carros perdem o marcador de temperatura

3. Lave com regularidade

O ideal é que o carro seja lavado uma vez por semana, a fim de que seja extraída a poeira da pintura. Recomenda-se sempre a utilização de produtos indicados na lavagem, sem produtos como solvente à base de petróleo ou abrasivos. Procure lavar sempre à sombra.

4. Seque o veículo após a lavagem



Utilizando pano de microfibra efetue a secagem do veículo logo após a lavagem, cuidando para que não fique água acumulada. Sempre à sombra. Tal cuidado ajudará no não surgimento de manchas na pintura.

5. Utilize cera com regularidade

Após a lavagem é interessante a utilização de cera automotiva, igualmente à sombra. Elas protegem dos raios UV, além de formarem camadas protetoras e impermeabilizáveis, capazes de proteger de intempéries. A utilização de cera é recomendada no intervalo de 3 meses em média.

6. Cuidado ao abastecer (vazamento na bomba)

Os combustíveis possuem micropartículas que tem o poder de danificar a pintura se permanecerem por bastante tempo na “lata”. Caso ocorra a vazão da bomba, molhando a pintura, é necessário que o local seja lavado com água e secado.

Veja também:  Ford Fiesta 2018 - Especificações do novo modelo

7. Cuidado com os… “passarinhos”

Muito comum estar rodando, ou até mesmo parado e perceber que um pássaro “soltou algo ao vento” e este algo veio parar na lataria do veículo. Tais substâncias são corrosivas e podem marcar a pintura.

8. Evite riscos na pintura

Existem algumas formas de se evitar riscos na pintura do veículo, uma delas é não estacionar muito próximo a arvores ou arbustos grandes, dos quais possam romper galhos vindo a danificar a pintura. Outra maneira é evitando rodar muito próximo a caminhões com materiais como areia, pedras e etc. Assim como não rodar em vias não pavimentadas.

9. Tenha cuidado em rotas com “piche”

Não é incomum passar por asfalto recém concertado com a utilização de piche. Na maior parte das vezes o material ainda não está bem “curado”, mas o trânsito está liberado, então ao passar com os pneus no local, o material é projetado na lataria causando danos.

10. Lavagem após a chuva

Parece contradição, mas não é! Após a chuva é importante uma lavagem externa, pois é normal que a poluição e seus resíduos fiquem mais facilmente na lataria molhada, assim como os respingos do asfalto na pintura, o que pode danificar a mesma.

Por Silvano Andriotti

Pintura carro

Foto: Divulgação






Um comentário em “Como Conservar a Pintura do Carro

Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.