CNH-e – Carteira de Motorista Eletrônica





CNH terá nova versão digital que estará disponível a partir de fevereiro de 2018.

Na última terça-feira, dia 25 de julho, o Conselho Nacional de Trânsito, o Contran, anunciou que a partir de fevereiro de 2018, a Carteira Nacional de Habilitação, a CNH, vai estar disponível em versão digital. Qualquer smartphone que tem acesso a aplicativos poderá acessar a versão digital do documento. Essa novidade vai estar disponível para qualquer condutor de veículos que possua o registro de habilitação.

Segundo o Contran, no aplicativo o motorista terá acesso a as duas versões, a versão digital e a versão impressa do documento. Através de códigos e da leitura de QRcode será possível verificar se o documento é verdadeiro ou falso. Essas medidas foram adotadas por vários motivos, como: a versão impressa seja preservada, caso o motorista esqueça a versão oficial ele possa mostrar a versão digitalizada e também para que a Polícia Rodoviária possa verificar a autenticidade do documento dos motoristas.

Veja também:  Renault Arkana - Novidades sobre o Novo SUV Cupê

Para que os motoristas tenham acesso à versão digitalizada do documento, à partir de fevereiro do ano que vem, eles precisam seguir este passo a passo:

– Inscrição: através do site do Portal de Serviço do Denatran, o motorista deverá realizar o seu cadastro, informando todos os seus dados de forma correta. Após isso, ele vai receber um e-mail de confirmação que dará acesso ao certificado digital. Após isso, o motorista vai realizar um login para ter acesso a Carteira Nacional de Habilitação digital.

– Criação de um PIN: Após estes primeiros passos, o usuário em seu primeiro acesso vai precisar criar uma senha ou um PIN para armazenar os documentos com segurança. Após isso, ele vai conseguir visualizar a versão digital do documento.

Veja também:  Chery Tiggo 7 2019 - Lançamento, Características

Essa medida tem sido vista com bons olhos, pois, vai facilitar a vida de motoristas e policiais, pois, assim o motorista não terá nenhum tipo de multa ou prejuízo quando parado em uma blitz e não tiver a versão impressa do documento em mãos.


Então, a partir de fevereiro do próximo ano, siga o passo a passo descrito a acima e tire a sua própria versão da sua carteira de motorista através do site do Denatran.

Não se esqueça, esse procedimento vai ser muito útil para todos os condutores do Brasil.

Por Isabela Castro

CNH-e



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.