Análise Suzuki Jimny 4×4 – Vale a Pena?



Confira aqui o preço e as qualidades do Suzuki Jimny e descubra se ele realmente vale a pena.

O jipinho, que é vendido por R$ 65.990, ainda continua como uma alternativa bem acessível para os amantes das trilhas.

É um número assustador, mas aproximadamente 80% das estradas do nosso país não são pavimentadas. Sem contar que diversas cidades do Brasil são complexas, topograficamente, com muitas subidas, cheias de morros, descidas, independentemente de serem asfaltadas ou não.



Portanto, faria muito sentido a venda destes tipos de veículos com tração nas quatro rodas com um preço acessível para os indivíduos que costumam frequentar este tipo de terreno, correto?

Veja também:  Análise Jeep Renegade Trailhawk 2020 - Review e Novidades

Ainda existem poucos

A montadora francesa Renault, dentre as empresas que podem ser consideradas grandes, está entre as únicas que ainda possui uma opção que chega perto desta realidade, a qual comercializa aos seus clientes o modelo Renault Duster, que possui tração integral, com motor de 2 mil cilindradas e transmissão manual, infelizmente por um preço salgado de R$ 86.620.



Logo abaixo deste modelo, bem distante das casas do R$ 90 mil, existe apenas uma opção de carro zero quilômetro com tal sistema de tração (4×4), que é o pequeno Jimny da Suzuki, com produção nacional, que é comercializado pelo valor que vai de R$ 65.990 a R$ 71.990.

Veja também:  Permissão Internacional para Dirigir (PID) - O Que É, Como Tirar, Onde Aceitam

Se pensar que o projeto de produção do veículo possui mais de 40 anos e o acabamento não é lá um dos melhores, pode-se considerar um carro não tão barato assim, entretanto, é o único modelo que conta com essas características. Vem com um propulsor de 1300 cc (1.3) e com 16V, transmissão manual de cinco marchas, além de uma opção de marcha reduzida.

Ao parar para analisar, de longe, o pequeno Suzuki Jimny é o veículo comercializado em série que possui tração nas quatro rodas mais em conta do mercado brasileiro na atualidade.

Embora seja um veículo de porte pequeno, não sendo também muito robusto, o mesmo aguenta o tranco e suporta a pressão.

Veja também:  Carros para quem acabou de tirar a CNH - Opções e Dicas

Então se você tem costume de rodar em localidades com uma topografia muito acidentada ou até mesmo realiza suas trilhas no final de semana, o Jimny da montadora asiática pode ser uma boa escolha.

FILIPE R SILVA

3 comentários em “Análise Suzuki Jimny 4×4 – Vale a Pena?

  1. Quem ainda não comprou, compre agora, porque vai subir de preço pela qualidade e a aceitação na cidade , alem da “simpatia” do carrinho. Sobre oficina, ele sempre passa longe delas, pois é super dimensionado para o uso diário urbano.

  2. Outro fato citado erroneamente e dizer que, “Embora seja um veículo de porte pequeno, não sendo também muito robusto” uma coisa obvia mesmo de longe é afirmar que o Jimny é um carro pequeno, mas dizer que ele não é robusto é total desconhecimento da capacidade Offroad do carro…

  3. O autor errou no índice de estradas não pavimentadas. No texto diz que 80% das estradas no Brasil não são pavimentadas, quando na verdade 100% não são pavimentadas. O Que são pavimentadas são as rodovias. O Correto seria dizer: Temos 80% de estradas contra apenas 20% de rodovias no Brasil.

Deixe uma resposta para FRANÇAJLN Cancelar resposta

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.