Cuidados com a Troca de Rodas por Outra Maior



Confira aqui os principais cuidados que você deve tomar ao trocar as rodas do carro por outras maior.

Aumentar os aros é o desejo de muitos proprietários, principalmente quando a vontade está ligada ao design. Entretanto, mudar componentes do carro pode ser um problema no sentido de prejudicar o desempenho. As razões estéticas nem sempre compensam a mudança, já que no caso do aumento dos aros, por exemplo, ajustes no veículo podem ser necessários, de forma a não prejudicar o desempenho do automóvel.

Uma dúvida que sempre rodeia quem tem vontade de implantar novos aros, é a seguinte: é proibido? Existe na legislação, um trecho que abrange essa questão. Esse trecho está localizado na resolução 292 do Denatran, sob o artigo 8, nos itens I e II: é proibido aumentar ou diminuir o diâmetro interno do conjunto referente à roda ou pneu. Por sua vez, o conjunto não pode ser maior que o limite externo do paralamas.

Veja também:  Toyota Corolla Hybrid - Lançamento, Especificações


Isso quer dizer que você pode sim realizar a troca, com a condição de que ao aumentar o aro, diminua o perfil do pneu, garantindo que a altura diminua, para que o diâmetro da parte de fora do conjunta fique intacto.

É importante, na hora de decidir por essa troca, pensar acerca do comportamento do automóvel. Pensando no Brasil, por exemplo: muitas cidades contam com vias um tanto quanto danificadas, por isso pode ser que não compense aumentar o tamanho do aro, já que, desta forma, o pneu será menor, diminuindo também a altura dele.



Vale lembrar que pneus mais baixos absorvem as imperfeições da estrada de forma muito maior. Assim, a suspensão fica sobrecarregada, desenvolvendo desgaste muito mais depressa. Portanto, para mudar o aro, você deve levar em consideração o caminho que percorre, por qual via, além do investimento a ser feito e também no desconforto que os passageiros podem passar.

Veja também:  Multas de Trânsito podem ter Valor Proporcional à Renda do Infrator

Fora isso, considere o que a legislação dita acerca do diâmetro, como citado acima. O carro perde em velocidade final, mas ganha no quesito aceleração. Lembre-se também de reaferir o hodômetro e o velocímetro, já que na mudança eles param de mostrar indicadores condizentes com a realidade.

Carolina B.

Inserir um comentário

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.