Carro Zero, Seminovo ou Usado – Qual é o Melhor?



Saiba aqui qual carro é melhor para você: Um novo, um seminovo ou um usado.

Ter um carro é o sonho de consumo de muitos brasileiros. Mas quando chega a hora de adquirir esse bem pode surgir aquela dúvida: é melhor comprar um carro novo, seminovo ou usado? A resposta a essa pergunta pode ser um pouco difícil de responder, pois isso depende do perfil de cada comprador. Para facilitar essa escolha, separamos algumas considerações importantes que poderão ajudá-lo!

Quando vale a pena comprar um carro novo?

Valerá sempre a pena ter um automóvel zero quando o comprador deseja ficar pelo menos três anos com o veículo. Isso porque esse é o período em que há certa estabilização em relação ao seu valor. Assim, pode ainda haver alguma vantagem em revendê-lo do que se fosse um carro seminovo ou usado.



Veja também:  Ranger Rover Evoque Autobiography 2019 - Lançamento, Preço e Novidades

Nesse caso, também pode haver menos gasto com manutenção, porque o carro não teve outros donos. Além disso, mesmo quando ele necessita de algum reparo, pode-se utilizar a garantia.

Quando vale a pena comprar um carro seminovo?

Motoristas iniciantes devem optar por um veículo seminovo, porque ainda estão ganhando experiência ao utilizá-lo e costumam desgastá-lo mais rapidamente. Dessa forma, arranhar ou bater um carro que não é novo pode ser menos negativo.

Mas com certeza o preço pode ser a maior vantagem quando se adquire esse tipo de carro. Muitas vezes ele ainda está em ótimo estado, bem equipado, com manutenção em dia e sendo vendido por valor inferior ao de um novo de qualidade equivalente.



Quando vale a pena comprar um carro usado?

Algumas pessoas podem torcer o nariz para um carro usado mais antigo, mas essa também pode ser uma boa opção de compra. Isso dependerá de seu preço e estado de uso, principalmente se tiver pertencido a apenas um dono que o manteve em boas condições.

Veja também:  Recall da Volkswagen no Brasil - Modelos Up!, Voyage, Gol e Tiguan Allspace

Entretanto, adquirir um carro usado mais antigo requer alguns cuidados especiais:

· Em caso de financiamento, deve-se analisar se a taxa de juros não é muito alta.

· Deve-se analisar o histórico da placa do veículo, verificando se está isento de problemas criminais e/ou multas.

· Realizar vistoria da parte mecânica do automóvel usado. Nesse caso, vale a pena contratar os serviços de uma empresa de consultoria ou mecânico de confiança.

· Evitar carros importados mais antigos, pois suas peças podem ter preço bastante elevado.

Sendo assim, antes de escolher entre um carro novo, seminovo ou usado, é importante analisar suas necessidades, quanto pode gastar e período que pretende continuar com ele. Por fim, lembre-se sempre de que esse tipo de compra não se trata de um investimento, pois tende a se desvalorizar com o tempo.

Veja também:  Dodge Charger 2019 - Ficha Técnica, Novidades

Qual tipo de veículo pretende adquirir? Tem mais alguma dica para compartilhar?

Camilla Silva



Inserir um comentário

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.